Posts recentes

O Engano da Percepção Ou… É TUDO treta – Sim, TUDO

deception

CAPÍTULO 21

Aprender é a única coisa de que a mente nunca se cansa, nunca tem medo e nunca se arrepende.

Leonardo da Vinci

Problema-Reacção-Solução e o Aproximar Sorrateiro Totalitário são apenas ferramentas e ramificações do principal Jogo-Mental dos Arcontes que é o de manter a humanidade num  estado de software de zombie separado da consciência expandida e trancada no lado esquerdo do cérebro. Uma vez liberto desta escravidão mental e emocional, então as técnicas de P-R-S e A-S-T e todas as outras – podem ser vistas a 50 pés de altura piscando luzes de néon.

A restrição da Percepção no lado esquerdo do cérebro é vital para o plano do jogo dos Arcontes. O cérebro tem dois hemisférios com uma ponte que as une, chamada corpo caloso (figura 508) estes hemisférios têm funções ou personalidades muito diferentes e devemos ser pessoas de “cérebro integral” para tirar o maior proveito de ambos. No entanto, não é isto que os Arcontes querem e assim com a maioria das pessoas isso não acontece. Eles são escravos do lado esquerdo do cérebro obcecado por estrutura e isto reflecte-se na estrutura hierárquica da sociedade humana. O lado direito do cérebro vê o “todo”, não partes e, ao fazê-lo pode ligar os pontos de uma forma que o lado esquerdo do cérebro não pode. O lado direito do cérebro é aleatório, espontâneo, criativo, inspirador e o dissidente imprevisível. Os psicólogos chamam o lado direito do cérebro “subjectivo”  “com origem ou tendo lugar na mente de uma pessoa e não no mundo externo e “expressa ou realça a individualidade do artista ou autor”. O lado direito está muito mais alinhado com a realidade do coração do que o lado esquerdo do cérebro e assim, este é o último lugar que os Arcontes e suas linhagens sanguíneas querem que humanidade esteja.

O lado direito do cérebro pode levar-te “lá fora”, em outros níveis da Consciência e é aí que a verdadeira natureza da vida “na Terra” pode ser percepcionada e compreendida. Se o teu lado direito do cérebro não estiver aberto e a funcionar correctamente nunca poderás descobrir os níveis da toca do coelho, de onde surge a conspiração. Assim, os Arcontes procuram trancar as pessoas no lado esquerdo do cérebro. Não se trata somente de manter-nos na “caixa” proverbial, embora ser isso que o lado esquerdo do cérebro se torna quando funciona de forma isolada. A função e a personalidade do lado esquerdo do cérebro isolado também reflecte os Arcontes, sua própria personalidade e os métodos de operação. O lado esquerdo do cérebro nos dá a percepção de que tudo está separado de tudo com “espaço” intermediário a ilusão da Matriz. Não pode ver o todo, apenas  partes; não pode ver as fotos, apenas pontos e, adora estrutura. Ah, sim, na verdade delicia-se com isso. O lado esquerdo do cérebro é lógico (a partir da sua perspectiva de lógico); racional (a partir da sua perspectiva de racional); e, é “sequencial” e assim tira os eventos que ocorrem no eterno AGORA e coloca-os numa sequência que percebemos como tempo.

Quanto mais rápido fazer com que essa sequência se mova, mais rápido parecerá que o “tempo” passa e vice-versa. O lado esquerdo do cérebro também é “objectivo” – “baseado em fenómenos observáveis, apresentado de forma factual: uma avaliação objectiva”. Qual é a base da crença da “científica” convencional? Aquilo que se baseia em fenómenos observáveis, apresentado de forma factual: uma avaliação objectiva. A “ciência” convencional é uma manifestação da prisão do lado esquerdo do cérebro e, portanto, não pode desvendar os “segredos” da fundação (segredo apenas para o lado esquerdo do cérebro e mente fechada) da nossa realidade percepcionada. O lado esquerdo do cérebro representa a sociedade humana como é actualmente percepcionada e estruturada (assim com o cérebro reptiliano) e, é aqui que a informação Matriz, ou pirateada, torna-se a ilusão construída da realidade “física” holográfica percepcionada. Quando uma neuro-anatomista Americana Jill Bolte -Taylor teve um derrame causado por uma hemorragia no hemisfério esquerdo em 1996, ela parou de descodificar a “realidade”.

O hemisfério esquerdo parou de descodificar a informação através do digital para o holográfico e de repente ela não conseguia definir onde começava e onde acabava o resto da sala. Ela disse que `os átomos e as moléculas do seu braço se fundiam com os átomos e as moléculas da parede´ e, tudo que conseguia detectar era esta energia. Ela disse que aquilo que ela chamou de “barulheira do cérebro” parou como se alguém tivesse carregado no “mute”. Barulheira do cérebro – o programa de software do corpo a falar para si mesmo, enquanto as pessoas acreditam que são os seus próprios pensamentos –  vem a partir do lado esquerdo do cérebro. Jill disse:

brain

Figura 508: Os dois hemisférios do cérebro e a ponte que as une, o corpo caloso.

Fui de imediato cativada pela magnificência da energia à minha volta. E como já não conseguia identificar os limites do meu corpo, senti-me enorme e expansiva. Senti-me una com toda a energia que existe e, era lindo lá…

… imagina o que é estar completamente desligada da faladeira do teu cérebro, que te liga ao mundo externo. Portanto aqui estou, neste lugar e, todo o stress relacionado comigo, com o meu trabalho tinha desaparecido.  E eu senti-me mais leve, no meu corpo. E imagina todas as relações no mundo externo e as muitas fricções que lhes estão associadas, tinham desaparecido. Tive um sentimento de tranquilidade…

Porque não conseguia identificar a posição do meu corpo no espaço, senti-me enorme e expansiva, como um génio, libertado da sua lâmpada. E o meu espírito elevou-se como uma grande baleia a deslizar num oceano de euforia silenciosa. Nirvana, descobri o Nirvana. Lembro-me de pensar que não havia maneira de voltar a condensar este enorme “Eu”, para caber novamente dentro deste corpo minúsculo.

Deixei bem claro desde o início do livro que a nossa sociedade está a se afogar em tretas, porque baseia-se em tretas – a treta que o mundo é sólido e que nós somos o nosso Corpo-Mente. As consequências disto incluem um sentido de extrema limitação  “não posso”, “não consigo”, “não é possível” – “coitadinho de mim, zé-ninguém”. Se quiseres ligar as pessoas ao lado esquerdo do cérebro até o ponto onde o mesmo dita a sua percepção da realidade, liga-os à Matriz, sem nenhum ponto de referência para entender o que está a acontecer. Isto é o que tem acontecido e assim vivemos numa sociedade do lado esquerdo do cérebro povoada por pessoas e instituições do cérebro esquerdo.

Aprender A Ser Estúpido

O hemisfério esquerdo pode ser muito estúpido quando desligado da ligação poderosa do hemisfério direito assim como a Mente-Corpo pode ser quando está desligada da influência da Consciência. Mas quando os dois hemisférios do cérebro trabalham em unidade podem ser uma combinação maravilhosa, assim como o Corpo-Mente e a Consciência, coração, cérebro e o sistema nervoso central. Voltamos ao tema central – distorção e inversão. A manipulação dos dois hemisférios e da ponte de comunicação entre eles também é mais uma  distorção de como as coisas deviam ser. Trata-se sem dúvida dos Arcontes e eles colocaram guardas (simbólicos) na porta do hemisfério esquerdo para bloquear as influências do hemisfério direito. O domínio do hemisfério direito também tem os seus desequilíbrios, como podemos ver em pessoas que são incrivelmente talentosas mas têm dificuldade em se integrar  no mundo porque são deficientes do hemisfério esquerdo (“sem ligação a terra”) e por isso não conseguem expressar a sua criatividade.

Devemos estar num estado de cérebro único para equilibrar as distorções dos dois hemisférios cerebrais. Realço mais uma vez que observar os traços do hemisfério esquerdo é observar a sociedade humana como moldada pelos Arcontes e as suas linhagens sanguíneas. O hemisfério esquerdo é obcecado pelo tempo e, não consegue ver que tudo está ligado; ama estruturas e hierarquias; e lida apenas com o que acredita ser lógico, racional e, com base em fenómenos observáveis – posso ver, tocar, provar, cheirar, ouvi-lo? Sim? Então deve ser verdadeiro. Trata-se da percepção dos cinco sentidos do tamanho de uma ervilha da “ciência”, academia, medicina, política, direito, imprensa convencional e todas as outras instituições,  que ditam a realidade para as massas. A esmagadora maioria da humanidade vive, individual e colectivamente numa prisão do hemisfério esquerdo e as chaves são deitadas sistematicamente desde a mais tenra idade. Normalmente nascemos de pais que já foram submetidos a programação do hemisfério esquerdo. Eles, por sua vez passam esta percepção da realidade aos seus filhos porque acreditam que as suas próprias percepções programadas são “lógicas” e “racionais” e “baseadas em fatos reais”, porque os seus professores, conferencistas e professores universitários assim os disseram.

Os cientistas e a imprensa, também dizem a mesma coisa, porque os jornalistas não investigam a validade da versão oficial – simplesmente repetem como fato. As crianças descarregam estas percepções desde a idade mais tenra através da influência dos seus pais e depois por volta dos quatro anos entram na máquina de fazer salsichas de programação corajosamente apelidada “educação”. Pelo resto da sua infância e pelo menos grande parte da sua adolescência a percepção dos seus pais será confirmada em todos os períodos desde o ensino primário até a universidade. A maioria dos seus amigos e conhecidos – as vezes todos – confirmarão estas percepções da realidade porque eles estão a passar pelo mesmo sistema de programação ou já passaram por ele. O dia inteiro, todos os dias, a imprensa convencional em todas as suas vertentes, confirma as mesmas percepções e ridiculariza ou condena quem as questionar. A maior parte da suposta imprensa “alternativa” faz a mesma coisa.

Li um comentário sobre mim num Website “alternativo” quando o que eu tinha dito sobre o Jimmy Savile  e a sua pedofilia e necrofilia estava a ser confirmado como verídico. O comentário dizia: “há anos que ele tem escrito sobre o Jimmy Savile e, confirmou-se que ele tinha razão”. É o hemisfério esquerdo a falar, porque eu não conheci o Savile antes que o enorme peso das provas contra ele fossem tornadas públicas. O hemisfério esquerdo não podia negar isso porque era “um fenómeno observável, baseado em fatos: uma avaliação objectiva”. Mas no comentário também chamaram-me de “observador de lagarto e o muito amado lunático” porque eu tive “uma tendência de falar sobre os lagartos”. O hemisfério esquerdo não consegue lidar ou computar isto porque o próprio conceito vai além dos muros do seu sentido de cimento e coagulado do que é possível. A “imprensa alternativa” também é maioritariamente dominada pelo hemisfério esquerdo e, nunca será capaz, de chegar por si mesma nem perto da profundidade e escala do que está realmente a acontecer. É por isso que eu fui ridicularizado e desacreditado pela imprensa “convencional” e pela maioria da “imprensa alternativa”.

Ambos têm como referência o que é racional ou irracional, credível ou demente, a partir das “normas” da “ciência” do hemisfério esquerdo e da academia ou da sua respectiva religião. Toda religião é uma manifestação do hemisfério esquerdo porque se o hemisfério direito fosse envolvido a divisão ilusória entre `diferentes´ religiões seria claramente visto, bem como as suas ligações e temas comuns intermináveis.

A máquina de programação da “educação” é absolutamente vital para `O Sistema´ porque foi concebida para implantar percepções da realidade desde a idade mais tenra para garantir que o filtro mental administrará o sistema quando formos adultos, de acordo com o plano do jogo ou serão bons escravos para o resto de suas vidas, enquanto acreditam serem livres. O escritor Americano H.L.Mencken descreveu bem isso quando disse: “O objectivo da educação pública não é difundir o conhecimento de modo algum, é de reduzir o maior número possível de indivíduos ao mesmo nível, criar uma cidadania padrão, para suprimir a discordância e a originalidade.” Resumindo,  és apenas mais um tijolo na parede, como afirmou Pink Floyd. Na verdade, aqueles que controlam o sistema e aqueles que são controlados por ele são todos escravos. É apenas uma questão de grau. Os “Arcontes” não querem que as pessoas sejam educadas duma forma que abre os seus olhos para a sua situação.

Na época da escravatura, era ilegal educar um escravo ou ensiná-los a ler e o actual sistema de “educação” é uma versão mais subtil do anterior – embora não tão subtil, se sabes o que vês. Há um sistema de recompensa e punição para aqueles que aceitam a programação e para os que não o fazem. O processo da educação convencional sobrecarrega o lado esquerdo do cérebro com a versão do sistema da realidade, através da comunicação de informação “lógica” e “racional” baseados em “provas concretas”. Aos alunos depois lhes-é dito, de guardar esta informação e revisá-la completamente antes de fazer algo chamado “exame” em que devem repetir para o sistema que o sistema lhes disse para acreditar. Se o fazem muito bem passam nos exames e “avançam”. Muito bem, Johnny, felicitações Jane, boas notas. Se continuarem a fazer isso muito bem, podem até ir à universidade e obter um diploma para marcar o seu grau de programação. Quão programado és? Tenho um grau de licenciatura. Oh, programação de licenciatura, estás de parabéns.

Um estudo realizado pelo professor de educação Kyung Hee Kim, da faculdade de William e Mary, na Virgínia, focalizou-se na criatividade das crianças em idade escolar entre o infantário e o 12º ano, utilizando a medida conhecida como o Teste de Torrance de pensamento criativo. Ele encontrou um declínio “maciço” de criatividade nos alunos quanto mais eles avançavam através do sistema escolar enquanto crianças elas  tornaram-se menos emocionais expressivas, menos energéticas, menos faladoras e verbalmente expressivas, menos bem-humoradas, menos imaginativas, menos convencionais. Menos animadas e apaixonadas, menos perspicazes, menos aptas a ligar coisas aparentemente irrelevantes, menos sintetizadoras e, menos propensas a verem as coisas dum ângulo diferente. Estes são quase todos traços do hemisfério direito, que o sistema de educação (doutrinação) suprime para permitir que o hemisfério esquerdo domine a percepção. Os jovens por todo o mundo stressam-se e preocupam-se à espera dos seus resultados dos exames, esperando desesperadamente que tenham dito com sucesso ao sistema o que lhes foi dito para acreditarem enquanto os seus dons e talentos inatos nunca são activados.

Albert Einstein disse: “somos todos génios, porém se avaliares um peixe pela sua capacidade de subir uma árvore, ele passará o resto da sua vida a acreditar que é estúpido”. Abandonei a escola aos 15 anos (mal podia esperar) para jogar futebol a nível profissional e nunca fiz um exame importante na minha vida. Ufa, isso sim é que é fugir. Passar exames e graus permite que escolhas uma especialização da ciência, medicina, academia, ou até mesmo política e jornalismo que são dominados por passadores de graus. Os aspirantes a cientistas, médicos, académicos e afins, em seguida, fazem mais exames e dizem as suas instituições de especialidades o que lhes disseram para acreditar. Se o fazem muito bem tornam-se num “cientista”, médico, advogado, professor de uma coisa ou de  outra e, podem até mesmo ser tão bem sucedidos que passam a administrar essas instituições. Que lindo, excepto por um pequeno problema:


obey (Cópia)Figura 509:
Apenas um bloco na parede.

enslavement (Cópia)Figura 510: Hey, professor – deixa os miúdos em paz.

School-And-Education---Telling-You-The---proper-Way---To-Think--conforming (Cópia)Figura 511: O sistema educativo, pequenas caixas, pequenas caixas, pequenas caixas todas iguais.

village-of-the-damned-1960-_167272-fli_1408962949 (Cópia)Figura 512: Tenho que servir o sistema, Tenho que servir o sistema, Tenho que servir o sistema…

É Tudo TRETA.

Esta “lógica racional” baseada em “fatos reais” é uma ilusão. Aquilo que é considerado “racional” é simplesmente um ponto de observação ditado pelo teu sentido do que é possível Se esse sentido da realidade é um tremendo disparate para começar, do mesmo modo será a tua “racionalidade” e, mesmo com o que é considerado “lógico”, isto está em sintonia com a chamada “lei de Icke”, descoberto por um homem chamado David Icke depois de muita experiência e observação, o qual afirma que treta gera treta. Está, aparente e intimamente associada com a lei de causa e efeito. Agora, o que são estes “fenómenos observáveis, baseados em provas concretas”? Observado por quem, orar? Aos cientistas e académicos que começaram, assim como todos os seres humanos, a serem capazes de descodificar quase nada em comparação com o que existe no “espaço” que eles estão a ver? Aos seres humanos que, em seguida, avançam através dum processo chamado “educação” e “especialização” que os leva à uma miopia cada vez mais restrita impedindo-os de ver e assim por diante e cada vez mais próximo de verem nada? Eu acredito que é.

Isso é feito com o que eu chamo de um firewall de lobotomia que faz com que o hemisfério direito sejao quadro completo, do “lá fora”– Um passageiro na parte de trás do autocarro, entediado e esperando desesperadamente que chegue a próxima paragem para que ele possa sair. Para muitas pessoas a paragem de autocarro é o cemitério e só depois é que o sujeito do hemisfério esquerdo, com os olhos enlouquecidos e cara de pateta, assume o controlo. Mesmo assim isso normalmente requer um par de alicate antes de realizar o funeral. A manipulação genética dos Arcontes (e a estrutura da sociedade humana) bloqueou volumes incalculáveis de comunicação entre os dois hemisférios através do corpo caloso e existem milhões de células nesta ponte dos hemisférios que parecem não ter qualquer função. O sistema também pôs  guardas à entrada do lado esquerdo do cérebro, chamados cientistas, professores, universidades e imprensa para impedir que o lado direito do cérebro influencie o lado esquerdo do cérebro.

A ridicularização e negação das percepções do lado direito do cérebro são lançadas como um sistema de segurança. Se o idiota da aldeia te dissesse o que era racional, lógico e baseado em fatos reias, de certeza não aceitarias isso sem questionar; mas a humanidade em geral faz precisamente isso com as instituições idiotas que ditam a realidade humana, ou o sentido da realidade. Esses malucos do lado esquerdo do cérebro não passam de repetidores – repetindo o que o sistema lhes disse para acreditar que é real. Temos cientistas; académicos; médicos; “jornalistas” repetidores; repetidores todo o mundo. Não há nenhum pensamento ou entendimento genuíno, apenas a repetição do programa. A definição da palavra “académico” é: “Conformar-se com um conjunto de regras e tradições; convencional”. Esta afirmação resume tudo. Como pode essa mentalidade de algum modo levar-nos para a frente? Oh, a tecnologia pode mudar, mas não a premissa básica. Recusa-te a repetir e a obedecer esta treta institucionalizada e recebes o pau em vez da cenoura. Se não passas os teus  exames (és um “fracasso”) e és considerado uma influência perturbadora na sala de aula, porque te atreves a questionar o que te está a ser dito. És ridicularizado pelos professores e colegas programados. Se fores uma figura pública és ridicularizado pela imprensa programada.

Isto é, como eu apelidei há muito tempo, o fascismo psicológico. O lado esquerdo do cérebro não tem o que o lado direito do cérebro tem em abundância ilimitada – imaginação criativa. Os Arcontes e a sua linhagem sanguínea procuram explorar a imaginação criativa humana, porque eles não tem nenhuma, mas esta exploração é apenas nos seus termos. Eles não querem que a humanidade imagine de forma criativa um mundo de paz, alegria e liberdade, porque seria o fim do jogo. Em vez disso, eles alimentam o subconsciente com informação e programas de percepção para acessar o processo através do qual a imaginação criativa da humana manifesta a realidade. É desta forma que eles manipulam a realidade para construir a nossa própria prisão ligando-nos de forma subliminar ao seu modelo de informação – um sentido subconsciente da realidade em que os seres humanos são escravizados. Este é o mundo retratado em muitos filmes nos últimos 20 anos e, continuam a fazê-lo o tempo todo. A ideia é programar aquele sentido de realidade para que o manifestamos como nossa realidade percepcionada.

Eles temem que nós acessemos os nossos próprios poderes infinitos da imaginação consciente e criemos uma realidade muito diferente daquela que eles procuram impor. A ideia é a de suprimir a imaginação consciente e explorar a imaginação subconsciente. A chave para esta supressão da imaginação consciente é a supressão do lado direito do cérebro e o domínio da formiga-trabalhadora, conheça o teu lugar lado esquerdo, que é muito mais influenciado pelo segmento reptiliano do cérebro. Para começar, ambos adoram estruturas hierárquicas.

Picture1 (Cópia)

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Figura 513: Os guardas à entrada do lado esquerdo do cérebro

Um Regresso De Saturno

O insulto, conhecido como “dever de casa” Está estruturado para consumir ainda mais o “ser” do lado direito do cérebro assim como o tempo das crianças e dos jovens. Queres dizer que seis ou sete horas por dia, cinco dias por semana, durante 15 anos ou mais não é suficiente – ainda têm que trabalhar em casa? Repare, também, como a arte e a música foram reduzidas em escala e desvalorizadas no sistema “educativo” e como as crianças são introduzidas a “aprendizagem” do lado esquerdo do cérebro desde a idade mais tenra A arte e a música têm o potencial de estimular o lado direito do cérebro e permitir que as crianças brinquem sem se preocuparem por “fatos” e estruturas e deixar fluir a sua imaginação consciente. O sistema quer bloquear isto e, estimular o lado esquerdo do cérebro, de modo que seja a força omnipotente e o árbitro da realidade para o resto de suas vidas. Os professores em geral não sabem que estão a fazer isso porque eles próprios já passaram pela mesma máquina de programação; mas aqueles que, em última instância impõem este sistema sabem perfeitamente qual é o jogo.

As crianças não deveriam chegar perto da academia até pelo menos quando tivessem sete ou oito anos e, mesmo assim, deve ser um tipo muito diferente de academia (tão irreconhecível da versão actual que não a chamarias de academia). Até lá, deve ser permitido que elas brinquem à vontade e sem preocupações até que a sua imaginação criativa esteja no auge. Então, o lado esquerdo do cérebro ocupará o seu lugar legítimo como um servo e não como o mestre. Um novo currículo a ser imposto nos Estados Unidos torna obrigatório, que pelo menos, 70 por cento dos livros sejam não-ficção – removendo assim os livros mais susceptíveis de estimular a imaginação consciente no hemisfério direito. “Serão substituídos por livros técnicos mais adequados para prepararem os alunos ao trabalho”. Oiço muito isso… A necessidade de uma educação que prepare os jovens para o trabalho ou mudar a educação para ensinar as habilidades “que coadune com as necessidades dos empregadores”. O que isso realmente significa é: prepará-los para que sejam uma peça na máquina sem a capacidade de livre-pensamento, acesso a sua criatividade inata ou abrir as suas mentes para ver como os pontos se unem.

Erica Goldson a aluna de topo, no seu ano na Escola secundaria de Coxsackie-Athens no Estado de Nova York, aproveitou a ocasião para destruir o sistema educativo no seu discurso de despedida de 2010, enquanto os seus professores contorciam-se por trás dela, quando se aperceberam o que ela estava a dizer. É um resumo brilhante daquilo que realmente é a educação dos “Arcontes” e podes ver o vídeo no youtube.com. O sistema de educação não está adaptado para desenvolver as habilidades múltiplas e os talentos únicos do indivíduo, mas para transformar cada indivíduo parte da massa de desinformados, estúpidos, que são inteligentes o suficiente para ser um escravo, mas muito estúpidos para se aperceberem que o são. O lado esquerdo do cérebro nos liga ao que percebemos como o mundo externo e até aqui tudo bem; mas quando se torna no ditador da percepção do “mundo externo”, é ai que começa o problema. Deixarias que o teu computador te dissesse o que pensar dos teus e-mails ou onde ir na Internet? Não, mas na verdade é o que está a acontecer quando as pessoas permitem que o Corpo-Mente e especialmente o lado esquerdo do cérebro dita o seu sentido da realidade. O Sefer Yetzirah, ou o Livro da Formação ou Criação, é o texto mais antigo da Cabala Hebraica e descreve algo chamado o “Binah” que tem sido literalmente associado a Saturno ou através da sua influência. Binah é frequentemente simbolizado como sendo escuro ou preto e que possui o oculto. O Yetzirah Sefer diz que a Terra”…está sentada no trono de Binah”…..

Nota Do Editor: O texto publicado é uma tradução não oficial do livro “The Perception Deception” Por David Icke. O capítulo 21 está incompleto, brevemente será publicado a segunda parte para a conclusão do mesmo.

Fonte:

http://www.amazon.co.uk/dp/B00GVAYCD4/ref=rdr_ext_sb_ti_hist_1

http://www.davidicke.com

Anúncios

5 Comments on O Engano da Percepção Ou… É TUDO treta – Sim, TUDO

  1. “O capítulo 21 está incompleto, brevemente será publicado a segunda parte para a conclusão do mesmo.”

    Mto obrigado pela tradução, e vcs já tem a continuação ???

    Gostar

  2. Vejam os vídeos Papa Francisco matou Centenas de bebês em missas satânicas e Bomba Atômica explodindo denúncia contra a comunidade figueira de trigueirinho no blog do mauricaomuitahipocrisia e escravos da cientologia e depoimentos de Mel Gibson sobre satanismo e sacrificios humanos em Hollywood.

    Liked by 1 person

  3. POR FAVOR JÁ EXISTE O LIVRO DO DEVID EM PORTUGUÊS? À ilusão da mente Obrigado

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: