Posts recentes

16 Coisas Que Todos Precisam Saber Sobre A Mente Humana

feature_image_template22

 

A Mente Humana é uma obra-prima maravilhosa que tem imensas potencialidades. A maior parte do seu potencial, no entanto, permanece não utilizado na maioria das pessoas, visto que não somos nós que estamos no comando das coisas, mas  sim a nossa Mente, a qual assume o controlo sobre nós.  Para controlar alguma coisa, primeiro precisamos saber do que se trata, e para tal devemos conhecer a nossa Mente de maneira que possamos assumir o controlo sobre ela. O que precisamos saber sobre a mente?

1. A coisa mais importante que precisamos saber sobre a nossa mente é que ela não é algo que existe separadamente, individualmente, como se fosse um objecto inanimado. A Mente não é um objecto, ela é um processo. O processo de pensamentos que flui constantemente. Este fluxo de pensamentos é o que percebemos como Mente. A natureza básica dos pensamentos é que eles estão em movimento constante, e este movimento cria a Mente, quase de forma automática.

2. Uma característica da nossa mente é que ela mantém-se viajando, vagueando; ela opera em algo semelhante a um modo automático, onde os pensamentos vêm e vão o tempo todo.

3. A maior parte do nosso tempo de vigília, a nossa mente vagueia, quer no passado como no futuro, em nossos pensamentos lidamos com a nossa experiência do passado, ofensas que sofremos no passado, ou com os nossos futuros planos, objectivos e medos.

4. Na maior parte dos casos, a nossa Mente está trancada na prisão do passado por um evento cujo resultado foi desagradável para nós. Os nossos pensamentos se voltam para esse evento no passado, nós gostaríamos de mudar o curso dos acontecimentos, ou nos preocupamos com o que os outros podem pensar de nós por causa do nosso comportamento inadequado naquele momento passado.

5. Outra maneira de nos tornarmos prisioneiros é quando a nossa Mente coloca sobre nós o feitiço de um futuro imaginário ou a imagem de um estado desejado ou idílico. Então mobilizamos todas as nossas energias para fazer com que essas imagens se tornem realidade, e portanto deixamos passar as oportunidades oferecidas pelo presente quase sem nos darmos conta.

6. A força criativa da Mente só é acessível no momento presente, no Aqui e no Agora.

7. A nossa mente está constantemente a avaliar coisas. Isso significa que nós não só vivemos através das nossas experiências, mas também as classificamos como boas ou más. Criticamos tudo o que nos acontece e todas as pessoas que encontramos em nossas vidas.

8. A nossa Mente cria permanentemente histórias e a totalidade dessas histórias formam as nossas histórias pessoais.

9. Geralmente a Mente recusa, ou até mesmo torna-se hostil para o momento presente. Muitas vezes pensamos que isto ou aquilo não deveria acontecer dessa forma, ou que eu deveria estar em outro lugar agora, em algum lugar muito melhor. Por que essas coisas acontecem comigo o tempo todo? A nossa Mente está, portanto, numa luta constante com o presente.

10. Os padrões mentais condicionados da mente são vistos como vários sistemas de crenças e também como padrões de pensamentos em nossas vidas.

11. Os padrões mentais condicionados nos foram dados pelos nossos pais, pela nossa comunidade e pela sociedade em que crescemos, e também pedimos emprestado alguns desses padrões nos meios de comunicação.

12. Nós, muitas vezes aceitamos esses padrões e crenças mentais pré-fabricados sem questionar e sem qualquer tipo de pensamento; Além disso, nós nos identificamos com estes padrões que, por conseguinte, serão incorporados nas nossas personalidades.

13. Os padrões mentais condicionados promovem o desenvolvimento do Ego em primeiro plano, e esforçam-se em manter esse desenvolvimento até o fim da vida do indivíduo. Os programas apoiam o progresso do Ego, que nos incitam a desenvolver um Ego poderoso e eficiente para nós mesmos, e eles fazem-nos acreditar que isso é o objectivo final da vida humana.

14. A nossa própria Mente critica a nossa própria imagem mental do nosso bom desenvolvimento pessoal. Ao mesmo tempo, esta parte da Mente classifica como má a outra parte da Mente que desejamos mudar. As imagens mentais lutam umas com as outras, tentando dominar uma a outra, através do uso de armas da percepção selectiva e fabricação de história.

15. A nossa mente é um dos instrumentos mais sofisticados e mais complicados do mundo. No entanto, neste mundo moderno e frenético, a mente é bombardeada com informações até ao ponto em que esta praticamente colapsa. Nessas ocasiões, a quantidade de informação não processada gira na Mente tão rápido que às vezes temos medo de enlouquecer.

16. O propósito da Mente é de servir como um meio de conexão, para nos conectarmos uns aos outros no mundo. Através da Mente, usada com consciência alerta, são libertadas energias criativas para o mundo e tais energias criam uma harmonia maravilhosa.

Hoje em dia cada vez mais pessoas estão a perceber e a sentir que somos mais do que as nossas Mentes, mais do que os nossos pensamentos e emoções, e muito mais do que a história pessoal que esses pensamentos e emoções constroem. A nossa atenção deixa de estar completamente focalizada em contar a nossa história pessoal e identificar-se com essa história pessoal, e assim nos tornamos cada vez mais sensíveis às dimensões mais profundas da nossa vida. Por outro lado, começamos a notar os intervalos entre os pensamentos, e nos concentramos para estas portas que nos conduzem além da Mente.

 

Fonte:

http://www.the-open-mind.com/16-things-everybody-needs-to-know-about-the-human-mind/

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: