Posts recentes

Somos Todos Extraterrestres?

cosmic-alien-invasion

 

Estamos neste mundo físico, mas não somos deste mundo.

É importante compreender que existe uma evolução das Almas que passa através da experiência terrena, mas também existe um crescimento individual para cada alma. É desta forma que a passagem para as dimensões sempre mais elevadas, pode ser explicada em termos simples.

Existem muitas almas imaturas no planeta Terra e também muitas almas mal orientadas.

Muitas almas não possuem as melhores intenções, ou simplesmente são controladas por seres que não possuem um corpo, cujas intenções e processo evolutivo não são recomendáveis. Muitos toxicodependentes e alcoólatras têm essa característica desfavorável,  assim como muitas pessoas egoístas e gananciosas.

Alguns seres humanos, por causa das suas inclinações ou por causa da sua imaturidade permitem inconscientemente que esses seres lhes manipulem de vez em quando. Esses seres dos quais me refiro, ainda não cresceram como alma, nem como um Eu superior ou Consciência Superior, apenas o seu intelecto mortal e limitado.

Esta não é de forma alguma, uma reprovação em relação a eles, uma vez que a maioria das almas está a passar por um processo semelhante de evolução na Terra, onde os seres não nascem consciente, ao contrário de seres de outros planetas.

Os seres humanos na terra, por causa da sua hereditariedade, precisam realizar trabalho espiritual consciente sobre si mesmos, a fim de se libertarem da sua genética de DNA comprometida (e inteligência) e limpar o seu karma para ascender à dimensões e níveis de existência superiores.

Em outras palavras, talvez seria útil comparar uma alma em desenvolvimento na terra  com um dos filhos da terra.

Quando uma criança cresce, ela desenvolve certos atributos físicos, mas também desenvolve a consciência, os seus sentimentos, a sua compreensão, o seu cérebro e o seu sistema endócrino entra em formação. As almas passam por um desenvolvimento semelhante, elas precisam de várias experiências para amadurecer e desenvolver a consciência.

O Universo está em crescimento perpétuo, a criação nunca para. A vida surge em várias formas, obedece várias regras, e existem muitas possibilidades como universos.

O vosso planeta tem uma forte história de manipulação genética e experimentação.

A vossa espécie, a espécie humana física pura, foi criada em torno de uma Alma, para poder experimentar um nível de densidade da terceira dimensão, de modo que as Almas de fato tiveram que descer da oitava da criação, a fim de experimentar a dualidade.

Isso ocorreu devido à queda da atlântida, da vossa civilização.

No entanto, muitos de vocês já viveram em densidades muito mais elevadas, mas por causa da queda, tiveram que aprender a adaptar-se a esta densidade tridimensional, que nunca foi destinada a ser o vosso lar natural.

Outras almas também se ofereceram para experimentar a vida em densidades mais baixas, ou foram enviadas aqui de densidades mais elevadas, a fim de compreender melhor o vosso mundo ou o seu próprio mundo ou simplesmente para ajudar o nosso criador no vosso mundo.

Estes seres vem de um plano superior de existência, que é o seu habitat natural.

Nenhum de vocês, que está a ler estas mensagens ou tem uma profunda necessidade espiritual, foram criados na terceira dimensão, e vocês desejam voltar para casa, onde foram criados, para uma dimensão mais elevada.

Os seres físicos nascidos, amadurecem com o tempo e tornam-se suficientemente conscientes para evoluir em dimensões superiores.

Estes são aqueles que não estão cientes do seu Eu Superior, mas lhes é dada a experiência aqui, a fim de torná-los conscientes do seu potencial. Este é um processo natural para todas as almas, dado que todas as Almas acabarão por fazer a viagem de volta para o nosso criador.

É importante que vocês também compreendam que, apesar de todos os seres humanos serem parecidos, as suas habilidades internas variam consideravelmente.

Deveis também considerar o fato de que algumas civilizações são tão antigas e avançadas que podem criar seres sem alma; Tais seres são chamados de “clones” ou “coisas” no vosso mundo.

Esta tecnologia já está disponível para os vossos cientistas, e eles podem criar ou copiar um corpo humano, da mesma forma que alguém cultivaria e faria crescer uma planta.

No entanto, estes seres não possuem uma alma, porque eles não foram criados pelo nosso criador comum, mas são o resultado da engenharia genética mecânica.

Esta é outra razão pela qual alguns (poucos) seres humanos não têm um Ser Superior. Embora a sua aparência externa não seja de algum modo diferente da dos seres humanos comuns, todavia a centelha da vida e da consciência divina não está dentro deles. Estes seres misturaram o seu material genético mecânico com os seres humanos que têm Alma, o que provocou demasiados danos no DNA.

Existem muitos animais que estão em forma humana, mas nem todos os animais são bestas e nem todas as bestas são animais.

A população da Terra é composta de muitas almas, com muitos contratos diferentes, provenientes de várias densidades de consciência.

O que homem interpreta como pensamento é apenas a consciência das coisas detectadas e registadas dentro das células do seu cérebro para o uso repetitivo através daquilo que é chamado de “memórias”.

As memórias não têm mais relação com o conhecimento da Mente Universal, que está no homem, do que os registos informáticos estão relacionados com a fonte dos seus registos.

O que homem acredita ser o seu corpo vivo é apenas uma mecânica obediente e motivada, que simula a vida através do movimento que lhe-é concedido através da sua alma, que vive sozinha e deseja que o corpo se mova.

O teu corpo físico ( de barro) é terrestre, mas você, a sua consciência (alma) é Extra-terrestre.

A sua Alma, essa Consciência que tu és, é a que tem uma experiência física temporária para o seu próprio desenvolvimento. O corpo que tu usas tem uma experiência consciente. Porém tu és essa Consciência.

O mundo físico e tudo o que nele existe não pode e nunca criou Consciência. Inteligência como cobras e aranhas, sim, mas não Consciência. Algumas pessoas pensam que o corpo humano, que é carne, desenvolveu uma percepção consciente e almas através de algum método totalmente inexplicável e totalmente não-comprovado.

Pense nisso por um minuto …

O senso comum diz-nos que não é razoável que o ato sexual humano possa criar uma alma segundo a imagem do criador, pois se assim fosse, não seriamos criações do criador, mas sim dos corpos dos nossos pais físicos mortais, ou seja, os primatas.

O corpo humano que os nossos pais físicos nos deram é o veículo que utilizamos. Mas tu és a Alma, criada segundo a imagem do criador, através do uso do corpo humano que seus pais prepararam para que tu usasses.

E se uma alma for pré–existente, (o que é) e pode entrar num corpo em algum momento do desenvolvimento do bebê e, em seguida, deixar o corpo quando o corpo morre, então a lógica e a razão nos dizem que a alma também pode entrar num corpo duas vezes? Ou muito mais vezes?

Todos os efeitos físicos em sua vida são apenas os efeitos dos pensamentos da sua mente Consciente. Os chamados pecados e o mal não estão nas acções do seu corpo, mas sim nos pensamentos que vêm daquilo que você pensa. A sua alma é responsável e portanto colherá o que plantou. Todas as acções e palavras do seu corpo são efeitos dos seus pensamentos.

Inúmeros ensinamentos religiosos e culturais, bem como muitas filosofias diferentes nos obrigam a fazer o bem, mas, infelizmente, a bondade ainda está envolta numa espessa camada de nevoeiro. Muitas almas têm tropeçado na escuridão, raspando os seus joelhos, mas não se preocupe, no fim, todas elas aprendem a andar.

Logo após esse período negro em que vivemos ter terminado, haverá tanta luz que teremos que usar óculos escuros.

Com novas informações e uma melhor compreensão, a humanidade está a se transformar periodicamente em seres mais conscientes e isso dará início a um novo ciclo de consciência que durará milhares de anos.

A omnisciência, omnipotência, e omnipresença do criador estão centradas na consciência de cada homem; porém existem poucas pessoas que sabem da Unicidade da sua alma com o criador. Será necessário milénios para que o homem se torne ciente disso. Cada ciclo aproxima-o ulteriormente da consciência da sua Unicidade com a Luz.

A humanidade vive num mundo complexo e desconcertante de Efeitos dos quais desconhece a Causa original.

Devido à sua aparentemente infinita multiplicidade e complexidade, o homem não consegue ver ou visualizar o simples princípio subjacente de todas as coisas. Ele complica a verdade e as meias-verdades até que os seus muitos ângulos, lados e facetas perdem o equilíbrio entre eles e com ele.

Todo o conhecimento existe e está disponível. Todo o conhecimento estará disponível para a humanidade na sua devida altura, conforme a necessidade.

Periodicamente algumas almas iluminadas e mensageiros, vêm e fornecem esse conhecimento Universal, porém este conhecimento é dado quando o homem é capaz de compreendê-la e somente quando ele pode suportar este conhecimento no momento, visto que o homem está apenas a iniciar a compreender a totalidade.

Quando a humanidade conhecer o  Iluminismo ela não conhecerá nenhum tipo de limitações, mas o homem deverá conhecer a Luz dentro de si mesmo. Deve querer conhecê-la e experimentar por si mesmo e ninguém poderá dizer o contrário, pois a luz conhece intuitivamente a Luz.

A humanidade está ciente de algumas dessas ilusões, mas não está ciente do fato de que todos os efeitos não são aquilo que parecem ser.

Ele é, portanto, enganado a formar conclusões que não têm qualquer relação nem com a natureza nem com a realidade em absoluto. Uma pessoa inteligente tem apenas o conhecimento do efeito, mas todo verdadeiro conhecimento e compreensão encontra-se na causa.

As novas leis e princípios fundamentais devem basear-se no conhecimento da Causa.

O pouco conhecimento que o homem adquiriu durante estes últimos milhares de anos foi-lhe dado pelos poucos génios, profetas, místicos e outros mensageiros da Luz que vieram para voltar a inspirar a humanidade com a sua visão e conhecimento.

Destes raros homens, surgiram os primórdios da nossa cultura. Sem eles não haveria compreensão da beleza neste mundo materialista.

Sem a compreensão da beleza,  o homem ainda seria um bárbaro. Será que foi somente através da beleza por si só, que o homem tornou-se gradualmente consciente da sua unicidade com a Luz? Quando o homem conhecer a luz, conhecerá todas as coisas.

Hoje, essa luz é tão fraca em todos os homens que ninguém, talvez apenas alguns, conseguiram compreender o segredo da Luz, da vida, do amor, do crescimento, da reencarnação e da terceira onda de almas que neste momento entram no planeta.

As grandes questões não respondidas do homem têm uma resposta simples. A Voz silenciosa dentro de cada homem está constantemente a sussurrar as respostas  para a sua consciência desperta.

Todo desejo escrito no coração do homem é levado para a Fonte da causa original, e a sua resposta virá, mas somente algumas pessoas pedem a partir do seu coração e o numero daqueles que ouvem é ainda menor.

São necessários vários períodos de preparação para o merecimento, porque a consciência do homem está isolada da sua Fonte através das sensações do seu intelecto pré-condicionado e do Eu pessoal egoísta, que ele erroneamente acredita ser a sua mente. O que o homem chama de sua mente objectiva é mortal e a sede da absorção de informações e uma infinidade de sensações que vibram a partir do seu corpo mortal.

O que ele chama de sua mente subjectiva é o sue subconsciente, o seu depósito espiritual da memória de todo o conhecimento, todo o poder, e todo a presença.

Essa consciência é o seu Eu individual, o seu Eu eterno através do qual a sua omnisciência, omnipresença e omnipotência são expressos na medida que ele lentamente se torna consciente da sua presença dentro de si próprio.

Os fios-nervosos electricamente vibratórios que operam o seu mecanismo corporal agem quase inteiramente através de reflexos automáticos e controlo instintivo, e de forma muito limitada através de decisões mentais.

Cada célula e órgão do corpo tem uma consciência eléctrica da sua finalidade e cada um cumpre essa finalidade sem qualquer acção mental.

Tudo sobre a parte da inteligência que ocupa esse corpo, o batimento cardíaco, por exemplo, é puramente automático. Os glóbulos brancos do sangue se apressam a reparar uma lesão no corpo tão automaticamente quanto um sino toca quando se pressiona o botão.

Neste corpo e no seu cérebro que regista electricamente, o homem acredita que ele pensa e vive, que ama e morre. Ele acredita estar consciente enquanto está acordado e inconsciente durante o sono; sem saber que em toda a Natureza não existe tal condição de inconsciência quando a sensação cessa durante o sono.

O homem não diz que o seu dente está inconsciente, quando é anestesiado através de um curto-circuito da corrente eléctrica no fio-nervoso que dá a consciência eléctrica sentida pelo dente.

Ele sabe que o seu dente não pode estar consciente, porém não sabe que o seu corpo não pode estar consciente. Ele nem sequer sabe que a consciência nunca dorme e nunca muda, pois a consciência no homem é a sua imortalidade.

O homem ainda é novo, ele acaba de sair da escuridão da sua selva de ignorância. No espaço de um milhão ou mais anos de desenvolvimento, ele tem dependido das sensações para realizar as suas acções e a prova do seus sentidos para o seu conhecimento. Poucas pessoas tornaram-se conscientes dos seus espíritos (Energia Vital, Conhecimento consciente ) apenas há alguns milhares de anos.

Neste início da sua nova consciência ele está confuso, sem saber o que é a Mente, a consciência e a sensação. Ele ainda não aprendeu que os corpos são mecanismos auto-criados, que manifestam o seu Eu centrado e a auto manifestação do criador como um único elemento.

Assim como ele ainda não aprendeu que os corpos não vivem nem morrem, ( das cinzas às cinzas ), mas se repetem continuamente e para todo o sempre, assim como toda a ideia da mente se repete da mesma forma.

O livre arbítrio é um presente do nosso criador para todos, seguindo as religiões ortodoxas, as escrituras, os sistemas artificiais feitos pelo homem, tendo fé cega, ou admirar cegamente oradores individuais, sem ponderar e se perguntar se a informação que recebes é real, verdadeira, ou não, muitos abdicaram do seu livre arbítrio  para a vontade de outras pessoas, tornando-se seguidores e unindo-se a eles.

Eles tornam-se os efeitos de outras pessoas em vez de fazerem a sua própria causa, sendo criativos, assim como o criador ( sendo co-criadores amorosos).

Pense, tome a sua própria decisão sobre o que é real e bom e o que não é.

Há tanta coisa boa em todos nós, portante use-a de forma extravagante e de forma altruísta para com todo o mundo, mas não seja ingénuo ou crédulo. Se alguma coisa não faz sentido, é um absurdo, se não procurares, não encontrarás.

A Luz não vem de outras pessoas, ela vem de dentro da sua própria consciência, que já está lá a espera de escapar.

Não há mortos, nunca, o corpo nunca esteve vivo, é uma máquina criada que obtém a força vital e instruções a partir da Consciência da alma que o usa, temporariamente.

Sim, somos extraterrestres…

 

Fonte:

Are We All Extraterrestrials?

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: