Posts recentes

Por que Deverias Evitar O Óleo De Palma

palmm-700x398 (Copiar)

O óleo de palma é usado em muitas coisas, desde batatas fritas e produtos de panificação, shampoo e produtos de limpeza ao óleo usado para cozinhar. É o óleo vegetal mais usado no mundo. Até parece ser mais saudável porque é diferente do óleo vegetal OGM como por exemplo a canola. O óleo, é extraído a partir do dendém, fruto de uma palmeira Africana, portanto o que há de insalubre, prejudicial ou insustentável sobre isso? Bem, está a contribuir para a morte de milhares de orangotangos e muitos outros animais que vivem nas florestas. Sem mencionar que está a afectar a população indígena e o meio ambiente.

A cada hora, uma área de floresta equivalente a 300 campos de futebol é destruída para a plantação de palmeiras.

O óleo de palma é cultivado em toda a África, Ásia, América do Norte e América do Sul. Esta indústria de exportação de óleo de palma não é sustentável. A produção do óleo de palma está ligado a questões importantes como a desflorestação, a degradação do habitat, alterações climáticas e, a crueldade com os animais. Muitos animais por toda a floresta de Bornéu e Sumatra, são feridos, mortos e deslocados. As florestas devem ser desobstruídas para a plantação de palmeiras e isso é feito, ateando fogo à terra, que destrói não só as suas casas, mas faz com que os animais morram queimados. A desflorestação também facilita o acesso dos caçadores e contrabandistas de animais selvagens (que os capturam para tornarem-se animais de estimação, para usos medicinais ou partes do corpo).

Alguns orangotangos são mesmo baleados por fazendeiros ou agricultores porque os animais são vistos como “pragas”.

Os orangotangos vivem nestas ilhas da Indonésia e a indústria do óleo de palma é um dos principais contribuintes para a redução drástica das populações de orangotango. Os orangotangos vivem em áreas com solos de várzea férteis, perto de rios e, portanto, o seu habitat é visto como ideal para o cultivo de palmeiras.

COMO PODEMOS AJUDAR

A Europa sabe quais dos ingredientes comprados nas lojas contêm óleo de palma, mas os EUA ainda  foi deixado na obscuridade relativamente a esta questão. A legislação da UE sobre a informação dos alimentos prestada aos consumidores (FIC) garante que não hajam ingredientes escondidos sob títulos genéricos, tais como óleo de palma escrito como óleo vegetal. Se a Europa pode aprovar esta lei, por que nós também não podemos? Devemos exercer pressão para que o óleo de palma também seja rotulado, assim podemos escolher quais produtos comprar.

 

Fonte:

http://themindunleashed.org/2016/04/why-you-should-avoid-palm-oil-like-the-plague.html

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

%d bloggers like this: