Posts recentes

AMOR – A Essência Da Vida

love-1510050_960_720

Muitas pessoas, às vezes se perguntam, por que estamos aqui? O que estamos a fazer aqui como seres humanos? Qual é o significado da vida?

Quando era um jovem rapaz (6 ou 7 anos), às vezes chorava até adormecer, indignado, desapontado ou zangado porque tudo (pessoas, flora e fauna) morre depois de uma vida inteira. Enquanto a vida simplesmente sorri para nós, percebemos também que a vida está a terminar e que toda essa beleza eventualmente desaparece. Que o amor desaparece, que este lugar maravilhoso chamado Terra é temporário, a natureza milagrosa em que vivemos eventualmente murchará e que a vida é perecível. Então, por que e por que razão estamos aqui?

Será que estamos aqui para desfrutar da vida? Ser bem sucedido? Ser popular e amado? Para enriquecer? Para adquirir poder e prestígio? Para ser inesquecível? Para servir a um Deus? Para trabalhar duro? Para contribuir para a sociedade? Para desprezar tudo? Para ser egoísta? Para amar ou ser amado? Para crescer como pessoa? Para se tornar uma pessoa melhor? Existem muitas perguntas sobre o por que estamos aqui, mas, muitas vezes, quando as perguntas são respondidas, surgem ainda mais perguntas.

Através de tentativa e erro, aprendemos a andar. Com muitos erros, aprendemos a fazer bem as coisas. Quando aprendemos o alfabeto, quando passamos por uma escola, teatro, música, desporto, relacionamentos – é com muita prática, repetição, erros, amor e talento que finalmente carregamos algo bonito, criando, tendo sucesso, conectando, e fazendo bem as coisas.

Neste tempo e espaço sem fim, uma vida é uma pequena gota no Oceano Pacífico, um grão de areia na praia da Califórnia (eu sempre quis ser um grão de areia na costa da Califórnia).

Em toda parte do mundo (América, Rússia, Síria, Turquia, Afeganistão, Europa, África, Ásia, Austrália, Japão, China, Coreia do Norte, América do Sul ) as pessoas têm as mesmas emoções, sentem os mesmos sentimentos e têm os seus próprios pensamentos. Desde os primórdios da humanidade até as pessoas contemporâneas e futuras gerações vindouras, as pessoas ao redor do mesmo ciclo de altos e baixos, emoções, sentimentos, pensamentos, intelecto, educação, formação, trabalho, relacionamentos, têm filhos e morrem.

Existem diferenças, é claro, incluindo, por exemplo: Nem todas as emoções, sentimentos, pensamentos ou mentes têm a mesma frequência. Um deles é o medo, a raiva, o ódio, o amor, a empatia ou a generosidade maior do que o outro. Embora sejamos únicos em nosso “ser”, não somos únicos. O que nos torna únicos é a forma que lidamos com os nossos sentimentos, emoções e pensamentos; As escolhas que fazemos, que emoções sentimos e que tipo de outras experiências temos na nossa vida. Hinduísmo, Budismo, Judaísmo, Islão, Cristianismo, Ateísmo, Humanismo, Agnosticismo ou Animismo – todos têm sentimentos, emoções e pensamentos . Isso é fascinante.

Tivemos muitas mentes iluminadas e grandes pensadores no passado, que falaram sobre as verdades universais e, que podem ser um exemplo brilhante e claro para nós.

Podem essas verdades universais ser a essência das nossas vidas, a menos que a nossa primeira necessidade de vida – assegurando a posteridade – continuação da nossa existência como um ser vivo?

 

Verdades Universais

Não faça aos outros aquilo que não queres que te façam. O bem e o mal. Não mate. Não roube. Não minta. Não cobiça. Amai-vos uns aos outros como amais a vós mesmos. Elimine os desejos materiais, seja ético e desenvolva o seu Espírito. A existência é imperfeita e mutável. O amor é a fonte da Luz, a energia da vida, o guia da nossa existência.

Torne-se a Luz da Luz Eterna de Deus.

Como devemos lidar com os nossos sentimentos, emoções e pensamentos? Como podemos transformar os sentimentos, pensamentos e emoções negativos ou más em sentimentos construtivo, aceitável, amoroso e manejável em vez da sua manifestação destrutiva, degradante, desprezível, maligna e descontrolada? Será que a intenção de aprender com os seus erros e com a essência humana e amorosa não está a desenvolver-se em ti? Cultive o Divino em ti mesmo! Não é esse o sentido das nossas vidas? O crescimento da consciência espiritual, amorosa e divina dentro de nós é o significado da nossa vida, da vida de todos nós.

Se isso acontecesse, teríamos um mundo totalmente diferente, um mundo onde a raça humana, num nível muito mais elevado de consciência, poderia viver ao serviço da humanidade e da natureza e da prosperidade para todos os seres vivos.

Por que é Tão Difícil Ser Uma Boa Pessoa?

Os animais se comportam como animais. Somente nós, seres humanos, nos comportamos de forma animalesca.

Devido ao comportamento masculino alfa causado pelos altos níveis de testosterona, um instinto básico, fomos desencaminhados desde o início do tempo, enganados, oprimidos, mentidos, mantidos ignorantes, manipulados e, porque o poder corrompe, devido ao sucesso repetido do indivíduo, mais testosterona é Criado, que é um comportamento viciante. Portanto, o poder nunca dura para sempre. Na agressividade dos homens e comportamento anti-social relacionado com os níveis de testosterona, sucesso, ganhos, poder e dinheiro tendem a aumentar os níveis de testosterona.

Vamos reescrever a história para evitar a repetição, a história verdadeira e, fazê-lo com base nas verdades universais. Sobre a Morte (Kahlil Gibran 1883-1931, Poeta, Pensador, Escritor)

Deves Conhecer o Segredo Da Morte.

Mas como vais descobri-lo a menos que procures no coração da vida? A coruja, cujos olhos fechados à noite são cegos de dia não pode desvendar o mistério da luz. Se verdadeiramente contemplasses o espírito da morte, abririas o seu coração para o corpo da vida. Pois a vida e a morte são uma só, assim como o rio e o mar são um só.

No fundo das tuas esperanças e desejos, está o teu conhecimento silencioso do além; E, como sementes sonhando debaixo da neve, o teu coração sonha com a primavera. Confie nos sonhos, pois neles estão escondidos o portão para a eternidade. O teu medo da morte é apenas o tremor do pastor quando está diante do Rei cuja mão deve ser colocada sobre ele em honra. Será que o pastor não se alegra com o seu tremor, até ao ponto de usar a marca do Rei? Mas no entanto não está ele mais atento do seu tremor?

O que é morrer senão ficar nu ao vento e derreter-se ao sol? E o que é deixar de respirar, senão libertar o fôlego das suas marés inquietas, para que ele possa erguer-se e expandir-se e procurar Deus sem qualquer tipo de preocupação?

Só quando beberdes do rio do silêncio cantarás. E quando chegardes ao cimo da montanha, podereis então começar a subir. E quando a terra reclamar o vosso corpo, então sereis verdadeiramente capazes de dançar.

 

 

Fonte:

http://www.naturalblaze.com/2016/11/love-essence-life.html

 

Sobre o escritor.

Chamo-me Peter van Els, nasci em 1957, vivo na Holanda numa pequena cidade chamada Sluis. Eu sou um pensador, autodidacta. A vida é o meu maior professor e comecei a escrever no ano passado, para enfrentar os governos corruptos e sem lei e o verdadeiro poder, o governo oculto, a elite do mundo. “Basta”. Eu disse para mim mesmo e, além disso, acho que é uma obrigação moral para com a nossa terra e a nossa posteridade. Eu acredito que todas as almas boas devem conectar-se e unir-se, para podermos mudar o sistema em benefício do nosso planeta e da nossa posteridade.

 

 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: