Posts recentes

Nova Vacina Transmissível Se Espalha Como Vírus, Sem a Necessidade de Consentimento

6317182527_0ef8326bdd_b-1024x731

À medida que os governos avançam nas suas tentativas de forçar os seus cidadãos à vacinação, quer queiram ou não, os pesquisadores estão agora a avançar com o que pode se tornar o futuro da vacinação forçada – vacinas transmissíveis.

Esta é uma área de pesquisa que os cientistas têm  mostrado interesse há algum tempo, mas só agora está a se tornar viável.

A ideia por trás dessas vacinas é que elas próprias seriam infecciosas, transmitindo a vacina de uma pessoa para outra como se fosse um vírus.

Assim, seria possível vacinar um pequeno número de pessoas manualmente, mas como resultado da auto-transmissão da vacina, seriam na verdade vacinadas um número muito elevado de pessoas.

De acordo com a PNAS  (Procedimento da Academia Nacional de Ciências dos Estados Unidos da América),

Várias vacinas recombinantes e transmissíveis estão em desenvolvimento para populações de animais selvagens, incluindo uma para proteger os coelhos selvagens contra uma infecção viral fatal e outra para impedir que os coelhos selvagens sejam portadores de um vírus responsável por uma doença pulmonar mortal para os humanos.

10941467366_98521284bb-300x300

Mas as vacinas transmissíveis representam um risco especial, essencialmente, elas podem tornar-se um vírus e espalhar-se rapidamente entre a população que foi vacinada. Isto já aconteceu com a vacina por via oral contra a poliomielite tanto nos anos 60 como nos anos 2000, mas com uma vacina transmissível, o perigo de propagação de uma doença se tornaria ainda mais perigoso, uma vez que a propagação e a transmissão são o que as vacinas foram projectadas a fazer.

Scott Nuismer, um professor de Ciências Biológicas e Matemática na Universidade de Idaho e co-autor de um estudo sobre vacinas transmissíveis publicado este ano na revista Proceedings of the Royal Society, afirmou:

Obviamente, este é um empreendimento controverso e potencialmente arriscado, por isso queríamos descobrir, se o potencial benefício vale realmente a pena correr o risco?

Nuismer, juntamente com colegas de outras seis instituições, criaram um modelo matemático mapeando como uma vacina se espalha através das populações, alterando um elemento-chave – a capacidade da vacina de espalhar-se – determinou-se que a vacina precisava de muito pouca transmissibilidade para se espalhar através da população.

3492567355_d6049000bb_z-300x201

Os potenciais riscos de criar uma epidemia e / ou uma pandemia da doença é o que os investigadores alegadamente querem parar e, claro que isso não os vai desanimar. Conforme mencionado anteriormente, várias vacinas transmissíveis estão a ser desenvolvidas para populações de animais selvagens e gado.

Portanto, talvez esses pesquisadores ajudem a proteger os coelhos contra um vírus – ou talvez eles simplesmente matem todos eles. As probabilidades são de 50/50, mas os pesquisadores parecem estar confiantes, então o que poderia dar errado?

 

Fonte:

http://www.naturalblaze.com/2016/11/new-transmissible-vaccine-spreads-like-virus-no-consent-necessary.html

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: