Posts recentes

AVATAR Quiosque Robô Pronto Para Detectar Mentiras Em Viajantes

AVATAR-robotic-kiosk (Copiar).jpg

Quando fizeres uma viagem internacional, poderás um dia deparar-te cara a cara com um segurança fronteiriço educado, bilíngue, responsivo e… robô.

O Agente Virtual Automatizado para Avaliação da Verdade em Tempo Real (AVATAR) está actualmente a ser testado em conjunto com a Agência dos Serviços de Fronteira do Canadá (CBSA) para ajudar os agentes de segurança fronteiriça a determinar se os viajantes que entram no Canadá podem ter motivos não revelados para entrar no país.

“AVATAR é um quiosque, muito parecido com um ponto de check-in no aeroporto ou um quiosque com caixa automática”, disse Aaron Elkins, professor de sistemas de informações de gestão da Universidade de San Diego. “No entanto, este quiosque tem um rosto no ecrã que faz perguntas aos viajantes e pode detectar alterações na fisiologia e comportamento durante a entrevista. O sistema pode detectar alterações nos olhos, voz, gestos e postura, para determinar um potencial risco. AVATAR é até mesmo capaz de saber quando curvas os seus dedos do pé.”

Veja como funcionaria:

Os passageiros iriam até o quiosque e lhes seriam colocadas uma série de perguntas como por exemplo:

  • “Você tem frutas ou legumes na sua bagagem?” Ou
  • “Você tem consigo alguma arma?”

O software detecção de olhos bem como os sensores de movimento e pressão monitorariam os passageiros à medida que estes respondessem às perguntas, procurando sinais fisiológicos de mentira ou desconforto. O quiosque, também faria uma série de perguntas inócuas para estabelecer uma base de referência, como por exemplo para deixar as pessoas nervosas em relação ao vôo, não seriam indevidamente destacadas.

Uma vez que o quiosque detectasse alguma mentira, eles indicariam esses passageiros para um maior controlo por agentes humanos.

Elkins começou a trabalhar no AVATAR quando era um aluno Ph.D. da Universidade do Arizona. À medida que o projecto de detecção de mentira tornou-se mais sofisticado e mais sensores foram adicionados, foram analisados mais dados sobre a pessoa entrevistada.

Quando Elkins tornou-se professor assistente na SDSU no Outono de 2016, ele levou consigo o seu trabalho. Aqui, ele está no processo de completar a construção do seu laboratório, onde planeia continuar a pesquisar e ensinar os alunos sobre inteligência artificial.

“Percebemos que isso pode ser usado não apenas para a segurança nas fronteiras, mas também para a aplicação da lei, entrevistas de emprego e também para outras aplicações de recursos humanos”, disse Elkins. “Continuamos a fazer melhorias, como analisar os dados colectados usando técnicas de análise Big Data (mega dados) que tornam o AVATAR uma ferramenta potencialmente valiosa para muitos sectores”.

Entretanto, Elkins está à procura de uma agência governamental disposta a utilizar a tecnologia em uma aplicação do mundo real.

“AVATAR foi testado em laboratórios, aeroportos e estações de passagens fronteiriças”, observou Elkins. “O sistema está totalmente pronto para implementação, para ajudar a conter o fluxo de contrabando, impedir a fuga de criminosos e detectar potenciais terroristas e muitas outras aplicações no esforço para garantir a segurança das fronteiras internacionais”.

Fonte:

http://www.activistpost.com/2016/12/avatar-robotic-kiosk-will-detect-lies-travelers-future.html

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: