Posts recentes

Parlamento Turco Estende Estado de Emergência Por Três Meses

 

transferir-copiar

O parlamento Turco aprovou a prorrogação de três meses do estado de emergência do país, que foi inicialmente implementado depois de um fracassado golpe de Estado em Julho contra o presidente Recep Tayyip Erdogan.

Antes da votação na Terça-feira, o Vice-Primeiro-Ministro Turco Numan Kurtulmus salientou a determinação do governo de “lutar contra todas as organizações terroristas”.

“Com o ataque em Ortakoy, eles queriam dar mensagens diferentes em comparação com outros ataques terroristas. Uma dessas mensagens é: “Continuaremos a causar problemas para as pessoas em 2017. “A nossa resposta é clara: independentemente da organização terrorista, Independentemente de quem lhes apoia e, independentemente de sua motivação, nós estamos determinados a lutar contra todas as organizações terroristas em 2017 e vamos lutar até o fim”, disse ele em referência ao ataque terrorista da véspera do Ano Novo numa discoteca que matou 39 pessoas.

Também aumenta o tempo que os suspeitos podem ser detidos sem que sejam emitidas acusações.

Foi imposta na Turquia alguns dias após o golpe de estado fracassado de 15 de Julho que começou quando uma facção do exército Turco declarou que tinha tomado o controlo do país e o governo do Presidente Erdogan não estava mais no comando.

Mais de 240 pessoas morreram em todos os lados, na tentativa do golpe de Estado que foi atribuído ao movimento liderado pelo clérigo da oposição Fethullah Gulen, com sede nos Estados Unidos. Enquanto que o clérigo com sede na Pensilvânia nega a acusação.

O governo Turco afirma que o estado de emergência é necessário para eliminar os vestígios da influência de Gulen nas instituições Turcas. Ancara iniciou uma repressão contra aqueles que acredita-se terem desempenhado um papel no golpe fracassado, um movimento que gerou críticas por parte dos grupos dos direitos humanos e da UE.

Mais de 41.000 pessoas foram presas por supostas ligações a Gulen desde o início da investigação, enquanto mais de 103.000 pessoas foram investigadas por suspeitas ligações com o clérigo.

d67eede5-d297-4493-be6a-d28a2d4f5778

O Presidente Turco, Recep Tayyip Erdogan, faz um discurso aos mukhtars durante a “32ª reunião dos Mukhtars (administradores locais)”, no dia 14 de Dezembro de 2016, no Complexo Presidencial em Ancara. (Foto AFP)

A medida para estender o estado de emergência foi sugerida em Novembro por Erdogan enquanto reagia à censura do Parlamento Europeu sobre os poderes de emergência que concedeu ao governo e o seu apoio ao congelamento das negociações de adesão com a Turquia.

“O que se passa com vocês? … Será que é o Parlamento Europeu que está no comando desse país ou é o governo deste país?” disse ele.

Fonte:

http://www.presstv.ir/Detail/2017/01/03/504729/turkey-coup-emergency-parliament/

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: