Posts recentes

Nova Ciência: O DNA Começa Como Uma Onda Quântica

Abstract DNA background

Um filamento de DNA de uma única célula contém informação suficiente para clonar um organismo inteiro. Obviamente, a compreensão do DNA permite-nos entender muito sobre a vida e o universo ao nosso redor. Uma compreensão mais profunda da nova ciência diz-nos que o DNA não é como uma molécula, mas como uma forma de onda. Ainda mais interessante, esta forma de onda existe como um padrão dentro do tempo e do espaço e é codificada em todo o universo.

Estamos rodeados de ondas pulsantes de informação genética invisível, cujas ondas criam forças gravitacionais microscópicas que puxam átomos e moléculas do seu ambiente circundante, para construir o DNA.

Um cientista que captou essas forças microgravitacionais em acção é o Dr. Sergey Leikin. Em 2008, Leikin colocou diferentes tipos de DNA na água salgada e marcou cada tipo com uma cor fluorescente diferente e as moléculas do DNA foram então espalhadas por toda a água. A grande surpresa da experiência, foi que as moléculas de DNA correspondentes, foram todas encontradas juntas. Após um curto período de tempo, formaram-se agrupamentos inteiros das mesmas moléculas de DNA coloridas. Leikin acredita que algum tipo de carga electromagnética permitiu que as mesmas moléculas coloridas se agrupassem. No entanto, outras experiências mostram que este não é o caso. Que é mais provável que seja a gravidade. Deixe-nos explica.

Em 2011, o vencedor do Prémio Nobel Dr. Luc Montagnier demonstrou que o DNA pode ser formado espontaneamente apenas com hidrogénio e oxigénio. Ele começou com um tubo hermeticamente fechado de água pura esterilizada e, em seguida, colocou outro tubo selado ao lado, que tinha pequenas quantidades de DNA que flutuava na água. Montagnier então electrificou ambos os tubos com um campo electromagnético fraco de 7 hertz e esperou. 18 horas mais tarde, pequenos pedaços de DNA tinham crescido no tubo original, que consistia apenas de água pura esterilizada.

Esta nova ciência diz-nos que o universo está constantemente a conspirar para criar vida biológica, sempre e onde quer que possa. Em qualquer área do universo, essas ondas microgravitacionais ocultas, começarão a reunir átomos e moléculas para criar DNA e, portanto, vida.

Outra descoberta fenomenal foi feita quando o Dr. Fritz-Albert Popp captou o DNA no momento em que puxava fótons (pequenos pacotes de energia que compõem a luz visível). A nova ciência revela que os fótons são essenciais para a saúde básica e função do DNA e são aparentemente utilizados para enviar e receber informações em todo o corpo. Ele descobriu que cada molécula de DNA armazena até 1.000 fótons dentro de si, semelhante ao de um pequeno cabo de fibra óptica. Os fótons disparam para frente e para trás a velocidade da luz dentro da molécula e são armazenados até que eles precisam ser usados.

Em 1984, o cientista Russo Dr. Peter Gariaev descobriu que quando uma molécula de DNA fosse colocada dentro de um pequeno recipiente de quartzo, ela absorvia naturalmente cada fóton na sala. Uma analogia deslumbrante disso seria a de uma pessoa de pé num grande estádio de futebol e tendo cada fóton no estádio de alguma forma, dobrado directamente para essa pessoa, deixando o corpo da mesma, literalmente brilhando com luz, enquanto o resto do estádio permanece completamente escuro.

Na ciência convencional, a única força que pode dobrar a luz é a gravidade e isto é feito apenas em volta de um buraco negro. Assim, parece que o DNA está a gerar um efeito microgravitacional que atrai e capta a luz. Olhando para trás, ou seja, para a primeira experiência mencionada neste artigo pelo Dr. Leikin, vemos que de fato, provavelmente não se trata de uma carga eléctrica que forçou ou permitiu que as mesmas moléculas de DNA se atraíssem, mas é provável devido à gravidade, visto que as cargas eléctricas nunca foram capazes de dobrar a luz, à medida que ela se move pelo espaço.

A parte mais incrível da experiência do Dr. Gariaev, aconteceu quando ele pensou que tinha terminado. Ele tirou o DNA do recipiente de quartzo e depois quando voltou a olhar para o recipiente descobriu que os fótons ainda estavam em espiral no mesmo exacto lugar onde o DNA tinha estado. Aparentemente, algum tipo de influência gravitacional mantinha os fótons exactamente onde o DNA tinha estado. Isto, foi chamado mais tarde de o “efeito fantasma do DNA”. Assim, o DNA cria uma força energética que absorve os fótons e puxa-os directamente para a molécula, mas o próprio DNA nem sequer é necessário. É alguma força invisível, ou alguma onda, que atrai e mantém a luz (fótons) lá por si só.

O Dr. Gariaev descobriu que ele pudesse “explodir” o fantasma com gás nitrogénio líquido supercorreado e isso faria com que os fótons fugissem do campo de força. Dentro de 5 a 8 minutos entretanto, os fótons novos seriam capturados e o fantasma reapareceria. Ele poderia continuar a fazer isso quantas vezes desejasse, mas novos fótons continuariam a aparecer. Na verdade, foi só depois de fazer isso durante 30 dias consecutivos que os fótons finalmente não reapareceram.

Certamente, esta última experiência foi feita mais de 30 anos atrás e, no entanto, o significado ainda deve ser verdadeiramente compreendido. As duas primeiras experiências ainda são relativamente recentes e ainda não foram totalmente entendidas. Porém, a nossa visão do universo e da própria vida está a mudar, à medida que esses conceitos são compreendidos por mais pessoas, todos os dias.

Fonte:

http://www.wakingtimes.com/2017/01/22/new-science-dna-begins-quantum-wave/

transferir Graciano Constantino oferece tratamentos de Cura Energética. O tratamento pode ser feito pessoalmente ou a distância, normalmente através do Skype ou se preferir basta simplesmente uma foto recente de modo a facilitar a conexão. Actualmente vivendo em Turim – Itália, Graciano dedica uma parte do seu tempo na arte da cura, trabalhando com plantas e também animais. Saiba mais sobre Graciano Aqui

Para saber mais sobre a técnica visite: Cura de Pura Energia

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: