Posts recentes

O Despertar Do Curandeiro Em Mim …

 

mijas-graciano-constantino

Vista panorâmica a partir da montanha de Mijas Pueblo.

A jornada até o redescobrimento foi longa, mas ao fim ela chegou, foi fácil? Não. Foi difícil assim como é e são muitas coisas na vida de cada um de nós.

Cada dia oferece-me algo novo, fazendo deste, um redescobrimento continuo, mas não existe nem um pouco de dúvida que a nível pessoal fiz grandes progressos, insignificantes mas ao mesmo tempo muito elucidativos.

Desde a minha mais tenra idade, sempre observei o mundo e sempre tive muitas perguntas e, assim como muitas outras pessoas o sentimento de que faltava algo na minha vida era muito intenso e ao mesmo tempo profundo, acredito que de alguma forma muitos de nós sempre nos sentimos alienígenas no planeta Terra, hoje depois de vários anos sei sem sombra de dúvida que o planeta Terra não é o meu lar.

Dei muitas voltas e, 99% delas foram dentro de mim mesmo, viajei em alguns países e em várias cidades e sempre por motivos de trabalho ou estudo, porém no fundo eu estava a procura de conhecimento, de informação que pudesse confirmar o que sempre sentia dentro e, de tudo que não fazia sentido neste mundo, estava a procura de algo que preenchesse o vazio que sentia, um vazio que não há palavras para descrever.

Nunca estive verdadeiramente presente nas coisas que fazia, a minha mente sempre estava noutro lugar e, parecia que vivia em dois mundos, nunca me senti Angolano e, o planeta sempre foi estranho para mim, sentia-me diferente, não no sentido de ser melhor que alguém, até porque não compreendia na altura o que significava ser melhor do que outra pessoa, (se é que alguém pode mesmo ser melhor) porém estranho me sentia e o sentimento de que faltava alguma coisa era avassalador.

Sabia que tinha que procurar respostas, sabia que queria conhecer as coisas, queria compreender o mundo, queria saber onde iria depois de morrer, sempre tive muito medo da morte, por causa dos ensinamentos protestantes, tendo sido criado por pais protestantes, a ideia do inferno aterrorizava-me, mas acima de tudo, queria saber quem era e de onde vinha, as vezes olhava para os meus pais e dizia dentro de mim, “estes não são os teus pais”

As coisas começaram a mudar quando conheci David Icke e o seu trabalho e para mim foi como se estivesse numa loja de doces, queria mais e mais e sempre mais e cada vez mais, devorei livros e foram muitos, no entanto sentia que não havia tocado nem sequer na superfície daquilo que estava a procura, quanto mais lia, mais ignorante me sentia e era profundo o meu sentimento de vazio, as respostas de quem sou, mesmo depois de tanto ler, não chegavam e isso me torturava continuamente.

Hoje compreendo que sou consciência infinita, alma, espírito, energia, luz, sim, isso a nível intelectual, até mesmo intuitivo, mas enquanto não experimentar a minha verdadeira natureza e, respirar tal compreensão a nível experiencial, terei apenas conceitos e infelizmente gosto de teoria e também da parte prática, o que é ser consciência infinita se não me lembro de nada? porque esqueci quem sou e de onde venho? por que não me lembro de todas as vidas passadas? como posso ter vindo aqui para aprender se nem sei o que vim aprender? Ninguém se inscreve num curso sem saber o que vai aprender, então eu desejo compreender o que sou sem precisar de teorias, as minhas dúvidas parecem não ter fim.

Nesta jornada e por incrível que pareça, a dúvida sempre foi uma constante na minha vida, para as coisas materiais nunca tive dúvida e, por coisas materiais refiro-me a terminar os meus estudos apesar de ser filho de pais muito muito pobres, dúvida de encontrar um trabalho quando precisasse de um, de ser um residente legal na Europa, (sim, já fui clandestino por 5 anos) a minha dúvida era por coisas que sabia e que vibravam em mim de forma poderosa, como a arte da cura, de fazer leituras psíquicas, de ter viagem astral, de ver a aura, de trabalhar com cristais e descarregar as informações que neles existem e foram armazenadas ao longo de eões, de visitar outros mundos sem a necessidade de naves, tudo isso é possível e de fácil compreensão, porém a parte prática era e sempre foi e parece que ainda é a mais difícil.

14163728_1268682203156082_245367050_o

Depois de uma noite em branco, estava pronto para conhecer Mark e embarcar nessa jornada de cura.

As dúvidas começaram a diminuir quando fiz uma leitura psíquica com a Carol Clarke, conheci-a (não pessoalmente) depois de ler o livro de David Icke, Raça Humana Ergue-te, o Leão Já Não Dorme Mais, onde David recomendava Carol depois d’ele mesmo ter feito várias leituras com ela. Tudo passou a fazer mais sentido e em apenas alguns minutos de leitura era como se estivesse a ser acarinhado pela minha mãe e ela me contava de todas as coisas que farei e de tudo que sou capaz de fazer e de como a vida é linda apesar das suas enormes vicissitudes, a leitura e as palavras da Carol faziam-se acompanhar por poderosas energias de cura, não só ouvi o que tinha que ouvir mas enquanto ouvia eu podia ser curado, ela faz mais do que dar leituras e acredito que sabe disso, David não exagerou quando disse que ela era fantástica.

Ela é terrível …

[…] Terás o apoio e incentivo de outras pessoas, no entanto a vida para ti será muito diferente […] ~ Carol Clarke Janeiro 2014

[…] Vais afectar positivamente a vida de muitas pessoas de uma forma que nunca pensaste ser possível, mas no que lhe diz respeito, quando eras um xamã numa das tuas vidas passadas como Nativo Americano, tu não precisavas ir a lado nenhum, as pessoas procuravam-te, eras um curandeiro, eras um guia, eras alguém que podia estar em contacto com os espíritos antigos, sabias tudo sobre planetas, sobre a natureza e, podias dizer às pessoas quando deviam plantar as suas sementes, quando deviam negociar e fazer determinadas coisas, provavelmente previste a chegada do homem branco na América e todas estas coisas que parecem possivelmente impossíveis, eu sinto que ainda estão dentro de ti […] ~ Carol Clarke Janeiro 2014

É incrível como numa vida podes saber de tudo e mais alguma coisa e noutra, nem saberes aonde fica a República do Djibuti, isso não é incrível?

Estas foram apenas algumas de muitas mensagens que me foram passadas pela Carol, consultei outros psíquicos e as mensagens sobre aquilo que faria não paravam de se repetir.

[…] Seguimos em frente e vamos falar da tua jornada, eu vejo o mar e vejo muitas pessoas ao seu redor em diferentes partes do mundo e a tua jornada baseia-se em quatro coisas que vejo-te a fazer nos próximos quatro anos, estes são quatro momentos muito especiais em volta do mar, vejo os lugares onde irás, o amor que receberás e o teu copo finalmente vai estar cheio e isso significa que a abundância de amor e felicidade estará na tua vida, e as viagens que farás para ver e sentir as pessoas e viver a vida, o que é fantástico, isso significa que estás a avançar e poderás experimentar a energia em diferentes partes do mundo. A necessidade de limpar toda as energias negativas que estiveram presente em todas as tuas jornadas anteriores, o que significa que cada viagem que fizeres, onde quer que vás, vai ajudar-te a limpar algo em ti e nos teus familiares, estás aqui para curar a tua família, estás aqui para curar os teus pais, na medida que te curares automaticamente vais curar a tua família, isso é interessante porque algumas pessoas antes de reencarnarem aceitam o fardo de ajudar e curar a sua família e estou aqui para lhe dizer que foi isso que fizeste, e tu vais curar a tua família através das tuas experiências […]

[…] Existem oito coisas muito muito importantes que farás e vai ajudar a fazer a diferença neste mundo, estou aqui para te dizer que os espíritos estão a cuidar de ti, eles te amam e tu tens muito trabalho a fazer e serás parte dessa jornada de iluminação e de ajudar as pessoas […] Mark Bajerski 2016

A esta altura, sabia o que tinha que fazer, a mensagem ressoava dentro de mim, era magico, era como se durante a leitura tivesse saído do corpo ou mudado de frequência, não havia dúvidas, apenas certezas e muitas lágrimas, lágrimas de alegria, lágrimas de poder ter dado ouvido a mensagem que sempre tive.

“Estás aqui para fazer um trabalho”

Para quem já sentiu isso, sabe o quão difícil pode ser conviver com essa sensação, é horrível, e garanto-te que muitas vezes não é nada agradável. Sempre que tenho um novo trabalho, eu sou a pessoa mais feliz do mundo, a minha “garra” fica sempre a mil, porém basta passar 2 ou 3 meses e, a mensagem volta a me torturar, “este não é o teu trabalho” já dei alguns gritos, perguntando para o “nada” qual seria então o meu trabalho?

Sempre duvidei de mim e daquilo que podia fazer e, quanto mais lia parece que me sentia mais vazio, a sede de conhecimento e sabedoria era e continua a ser imensa, mas desta vez precisava de conhecimento tangível, prático, precisava arregaçar as mangas e pôr em prática tudo que venho acumulando vida após vida, pensava que precisava de um professor, alguém que me ensinasse as coisas que sabia ser capaz de fazer, mas na realidade o que precisava era voltar a acreditar em mim.

O pior inimigo que alguém pode ter, é não acreditar em si mesmo.~ Graciano Constantino

O Despertar Do Curandeiro Em Mim

Mark Bajerski é um Curandeiro talentoso e depois de ter feito uma leitura psíquica com ele decide participar num dos seus cursos de Cura, Mark tem trabalhado há mais de 10 anos com o método de cura que ele chama de “Cura de Pura Energia” e em 2015 decidiu ensinar a técnica à outras pessoas.

images

Mark Bajerski durante uma entrevista no programa The Richie Allen show 

Descobri através das minhas leituras com a Carol e com o Mark, que podia ajudar as pessoas através da cura, através de leituras psíquicas e sendo um guia, parece que tem sido isso que sempre fiz em muitas outras vidas e, nesta parece que vou continuar.

Guiado pelos meus amigos invisíveis e pela sincronia viajei até Espanha para participar no curso de cura, cheguei um dia antes do curso iniciar e não conseguia dormir de tanta ânsia e euforia, de novo não parava de me perguntar o que estava a fazer em Espanha e, se voltaria um Curandeiro, dúvidas atrás de dúvidas.

Durante o curso, Mark não parava de repetir a seguinte frase “Eu não tenho nada para te ensinar, posso apenas compartilhar com você aquilo que aprendi durante estes anos, eu posso apenas mostrar como tornares-te no poderoso curandeiro que já és e a única coisa que te vai impedir é a tua mente”

corac3a7c3a3o

Esta é uma das principais filosofias de Mark, uma que ele vive e respira todos os dias.

Percebi que ninguém aprende a ser curandeiro, todos nós temos esta capacidade e muitas outras, se este for o nosso desejo de servir e ajudar, então precisamos apenas escolher usar este dom que todos nós possuímos.

O que eu precisava era voltar a acreditar em mim, voltar a ter fé em mim mesmo, voltar a acreditar que podia ser novamente um curandeiro ou ser um veículo para canalização de energia curadora, era como se estivesse adormecido e antes da primeira sessão de cura com os nossos clientes, sentia-me inseguro e com medo de não ser capaz de fazer o meu trabalho, logo após o primeiro tratamento o feed back do cliente deixou-me em lágrimas, este foi um dos primeiro passos para voltar a acreditar e fui aos poucos ganhando confiança e no segundo dia, depois das maravilhas que pude constatar não podia não acreditar no que via e sentia.

Depois das aulas eu sempre procurava algum insecto para dar energia, sentia-me eufórico, andava e passava as minhas mãos em qualquer planta que encontrava, até hoje ainda tenho este vício, quando sentes a energia a sair das tuas mãos, quando sentes entidades que te tocam e trabalham ao teu lado, quando podes tocar fisicamente a energia, quando o cliente depois de uma sessão me abraçava e dizia obrigado e me contava o que sentiu e de como se sentia durante o tratamento, não vou mentir, mas eu estava a sentir-me o mestre Yoda, mas em versão maior e preta, sentia a força, sentia as mesmas sensações que os nossos clientes, sabia intuitivamente onde canalizar a energia, a esta altura eu queria pedir ao Mark o meu lightsaber, nunca estive tão feliz na minha vida.

mestre-yoda-2

Adorei trabalhar com animais, em particular com os cães do Mark, os animais respondem de forma maravilhosa a cura e, eles simplesmente sabem quando vão receber cura e, são muito receptivos a energia.

Mark teve que colocar a cadela na cama, para receber a cura, podíamos ver que estava fraca, não me lembro a idade dela, mas é bem velhinha, depois de vários minutos tudo parecia surreal, era como se nos tivéssemos ligados através de um cabo ou algo parecido, podia sentir as mesmas sensações que a cadela, podia sentir os seus chakras, não sei como isso acontece mas é lindo, depois do tratamento a cadela saiu pulando e não foi embora até que o seu filho (outro cão que recebia cura) tivesse terminado, o amor de mãe é igual em todos os seres.

13936913_10202217593718423_667798812_n

Foi uma sensação incrível e linda poder conectar-me com esta linda cadela, foi surreal

[…] Atlântida afundou debaixo do mar e foi uma visão que te chocou, de facto chocou-te muito e as ondas do mar apesar de estarem muito distantes, no entanto alcançaram o barco e [a erupção] fez com que a água do mar ficasse quente e, algumas pessoas morreram porque foram sugadas pela água, mas tu salvaste-te porque o barco te salvou e houve também outras pessoas que sobreviveram e eventualmente conseguiste chegar ao Egipto e decidiste então neste dia, que nunca mais voltarias a usar a tua magia e tu já não querias mais ficar neste planeta, porque sabias que não eras realmente humano e isto é interessante porque tu pediste que o teu povo viesse te buscar, mas eles não vieram no princípio, porque tinhas que escrever algo e tu escreveste e o que escreveste ainda não foi descoberto, mas será, agora, se será descoberto enquanto estiveres vivo ou não, eu não sei, mas será descoberto e provará de uma vez por todas a existência da atlântida, mas depois de teres terminado o que tinhas que escrever tu foste levado, foste recolhido e foste para o teu planeta de origem, mas eu sinto que seja o que for que está a te chamar neste momento na tua canalização está a pedir que acredites em ti, que acredites que podes fazer coisas que talvez já não acreditas.

[…] Tu tens habilidades especiais que vão surgir na medida que envelheceres e começares a acreditar mais em ti, a canalização que vejo-te a fazer vai ajudar-te muito […]  Carol Clarke Janeiro 2014

14124098_1268682009822768_1416481064_o

Este foi o local onde fui com mais outras duas pessoas iniciado na arte da cura.

Eu sempre acreditei que a iniciação fosse uma coisa do outro mundo, com luzes e muitas pessoas ao redor, recitando algumas palavras e fazendo juramento, não podia estar mais errado, a iniciação de Mark, é algo que é preciso sentir-se e, as vezes descrever estas experiências não é fácil, foi durante o dia, fechamos os olhos e enquanto Mark canalizava mensagens individuais eu podia sentir pessoas rindo (pessoas que não são deste mundo) e felizes, era como se estivessem a dizer, “parabéns por teres chegado onde deverias chegar, estamos muito felizes“, enquanto Mark falava eu podia sentir a presença dessas entidades e, na verdade eu que sempre tive uma visão completamente errónea acabei por ficar ainda mais perplexo pela simplicidade  da cerimónia.

O meu maior obstáculo parece ser a dúvida e não acreditar que posso fazer determinadas coisas,  duvidei que podia voltar a ser um curandeiro, a partir do momento que acreditei, tem acontecido coisas lindas, acreditava que ver aura era apenas para os santos, mas estava enganado, quando removi a dúvida os meus olhos se abriram e agora, apesar de estar numa fase muito prematura, já consigo ver duas camadas da aura, quer em animais mais também em pessoas, até onde posso chegar? quanto mais desaprendo o que sei, mais aprendo, quanto mais acredito mais descubro coisas novas e lindas, a Carol sempre esteve certa, que mulher terrível, Te atreves a acreditar em ti?

Estou apenas a saborear o néctar e, estou a dar os primeiros passos, há muito ainda para descobrir, talvez descubra outros interesses, talvez faça várias coisas ao mesmo tempo, tenho descoberto e aprendido muito e, sei que se tivesse que escolher um número numa escala de 1 a 10, para indicar o nível em que me encontro, eu diria que estou longe do zero, falta-me muito para chegar ao zero, há um universo incrível e infinito, quer a nível de conhecimento como de possibilidades, mas o importante é que pelo menos sei a estrada que me vai levar até o número 10.

Foram muitos anos de tortura, mas agora sei o que tenho que fazer e todos os dias dou um passo em direcção aos meus objectivos e sonhos, objectivos estes que são muitos, mas é preciso dar um passo de cada vez, mas o maior deles será poder enquanto ainda estiver neste planeta, regressar em casa sempre que me apetecer, voltar a estar no meu verdadeiro estado, mudar de frequência com a mesma facilidade que mudo de roupa, este dia está a chegar e quando chegar poderei compreender quem realmente sou.

Te atreves a despertar?

Graciano

23/01/2017

***********************************************************************

transferir Graciano Constantino oferece tratamentos de Cura Energética. O tratamento pode ser feito pessoalmente ou a distância, normalmente através do Skype ou se preferir basta simplesmente uma foto recente de modo a facilitar a conexão. Actualmente vivendo em Turim – Itália, Graciano dedica uma parte do seu tempo na arte da cura, trabalhando com plantas e também animais. Saiba mais sobre Graciano Aqui

Para saber mais sobre a técnica visite: Cura de Pura Energia

Anúncios

5 Comments on O Despertar Do Curandeiro Em Mim …

  1. Por incrível que pareça, é a minha realidade sendo descrita aqui, porem diferente de ti eu tenho uma dificuldade enorme (aqui em Angola) de encontrar gente iniciadas que possam mostrar o caminho do despertar.
    Já a algum tempo encontrei uma ordem mística e me afiliei a ela, também solicitei alguns trabalho em alguns irmãos Brasileiros sendo que na sua maioria eram charlatães e quando em fim encontrei um que era um místico autentico, me vi barrado pelas impossibilidades de efectuar transferências dos valores para o pagamento. No entanto a dúvida ainda é enorme.
    Caro Constantino pode me dizer como posso entrar em contacto com Carol Clarke?

    Luz em extensão.

    Liked by 1 person

  2. Olá Frederico, que bom que te identificas com a mesma realidade, nem sempre é fácil encontrar pessoas honestas que de alguma forma nos podem ajudar, não é de admirar que em seja muito difícil encontrar pessoas iniciadas em Angola, eu tive que sair de lá para encontrar algumas respostas, sabia simplesmente que se continuasse lá nunca as encontraria, isso foi há já alguns anos, mas acredito que as coisas já devem ter mudado. olha mano manda-me o teu email no meu gracianoconstantino@hotmail.com para podermos falar.

    Liked by 1 person

  3. Quero saber mais dessa cura meu watzap e 3192553291 por favor me escreva

    Gostar

  4. Simplesmente demais. Unicidades e relatos assim me fazer ver a infinitude da nossa passagem por está etapa, e de que realmente não sou único e sozinho. Obrigado por compartilhar.Me Chamo Douglas e moro no Brasil. Não me sinto Brasileiro, me sinto se humano. Mas sinto que não sou deste planeta também. Obrigado mais uma vez!!

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

%d bloggers like this: