Posts recentes

Permanecer Fora da Rede Quando “Quase Tudo Está Microchipado & Quase Tudo É Rastreado”

nsa-ops-center-1024x683

Se antes não estavas paranóico, então pode ser hora de começar a prestar atenção.

“Eles” estão a vigiar tudo o que você faz e estão a recolher informações sobre cada compra, aparelho, veículo que compras, lugar que visitas, tudo o que fazes ou com quem interages. Pela primeira vez na história, chegamos a um momento em que quase tudo está microchipado e, quase tudo é rastreado.

É verdade e, não é apenas mais uma teoria da conspiração.

Eles estão a vigiar todo o mundo, reunindo todos os dados disponíveis e rastreando você, a sua família e todas as pessoas que conheces, o tempo todo.

E o pior de tudo e, é importa salientar, todas estas coisas serão usadas contra você – para recolha de receita, controlo social, multas, taxas e provas, se necessário – mesmo que não tenhas feito nada de errado. Não é de admirar por que muitos Estados fizeram com que viver fora da rede fosse ilegal e, têm tentado fazer com que todos operem dentro da rede.

Se não te conformares com os hábitos da maioria dos Americanos – e usares lojas alternativas de energia, combustível, alimentos, água e suprimentos, então o seu uso de energia e a sua impressão digital (ou falta dela) passará a considerar-te como uma anomalia suspeita, digno de uma investigação, apreensão de bens, sujeito a violações e códigos e, NÃO fora do radar.

Enquanto isso, a sua interacção com as outras pessoas irá interceptar dados sobre você e sobre as tuas actividades, mesmo que não uses um telefone inteligente ou dispositivos usáveis.

Os extremos já estão aqui. O caso de assassinato em que a polícia procurou dados de um dispositivo inteligente Alexa é apenas o começo do que está por vir:

O que pode, em última instância, levar a um caso de definição de precedentes e / ou decisão do tribunal, a polícia em Arkansas exigiu que a Amazon lhes fornecesse as gravações feitas por um dispositivo Amazon Eco que estava localizado na casa do suspeito de ter cometido o assassinato … (Fonte

Foram feitas muitas outras tentativas para microchipar as pessoas, enquanto a rede sem dinheiro já encontrou ampla aceitação.

O ex-director da CIA, David Petraeus, admitiu à comunidade tecnológica que a Internet das Coisas (IoT) estava prestes a se tornar um dos maiores recursos da comunidade de espionagem – uma infinidade de dados poderia mudar o jogo sobre qualquer pessoa que eles tivessem interesse.

Em outras palavras, talvez você. Como relatou o site Wired em 2012:

Cada vez mais dispositivos pessoais e domésticos estão a ser conectados à Internet, desde a televisão aos sistemas de navegação do carro até os interruptores de luz. O ex-director da CIA David Petraeus não vê a hora de espiar-te através deles.

No início deste mês, Petraeus meditou sobre o surgimento de uma “Internet das Coisas” – isto é, dispositivos com fio – numa cimeira para a In-Q-Tel, a empresa de capital de risco da CIA. […]

Todos esses novos dispositivos on-line são um tesouro de dados caso sejas uma “pessoa de interesse” para a comunidade de espionagem. No passado, os espiões tinham que colocar um bug no seu candelabro para ouvir a sua conversa. Com a ascensão da “casa inteligente”, você estaria a enviar dados marcados e geolocalizados, que uma agência de espionagem pode interceptar em tempo real …

“Os itens de interesse serão localizados, identificados, monitorados e controlados remotamente por meio de tecnologias como a identificação por radiofrequência, redes de sensores, pequenos servidores incorporados e colhedoras de energia – todos conectados à Internet de próxima geração usando recursos abundantes e de baixo custo e, computação de alta potência”, disse Petraeus.

Cada vez mais desses chips inteligentes estão a ser integrados em absolutamente todos os dispositivos imagináveis.

A menos que você esteja a investir em equipamentos antigos, você estará a aderir a este sistema, mesmo com aparelhos básicos

Um relatório alarmante de 2013 destacou preocupações sobre alguns ferros e chaleiras chineses que incluíam chips de espionagem sem fio… para fins desconhecidos, uma vez que esses dispositivos não são gadgets “inteligentes” com interfaces de computador e funcionalidade elevadas.

Através de AndroidHeadlines.com:

Até a presente data, a Qualcomm enviou mais de um bilião de chipsets da Internet das Coisas (IoT), revelou na terça-feira o fabricante de semicondutores de San Diego. Enquanto falava no evento da CES Unveiled, o vice-presidente sénior de gestão dos produtos da empresa, Raj Talluri, disse que a empresa já está a atender todos os segmentos da indústria da IoT, desde os televisores inteligentes e termostatos a alto-falantes conectados, usáveis e assistentes para casa. Talluri apontou especificamente que os smartphones e os tablets não estão incluídos na figura de um bilião.

Os impressionantes números de remessa da Qualcomm são principalmente impulsionados pela presença da empresa na indústria dos usáveis… vários fabricantes de dispositivos electrónicos já estão a implementar o avançado chipset Snapdragon 835 nos seus produtos…

Como este gráfico demonstra, a Internet das Coisas (IoT) irá literalmente incorporar dispositivos em todo o consumidor, casa, lojas, segurança e vigilância, TI e redes, transporte e indústria, saúde e energia.

iot-chart-beechamresearch

Observe que os “Idosos e as Crianças” são considerados “coisas” nessa rede de rastreamento digital, que de outra forma incorpora frigoríficos, fogões e aparelhos inteligentes para compartilhar dados e “espiar” os indivíduos nas suas próprias casas.

E as pessoas são apenas outra pista e parte rastreável do sistema.

Esta é a confirmação absoluta de que a tecnologia da “marca da besta” está a entrar em força total – se eles terão ou não sucesso na implantação de microchips nas pessoas ainda está por ser visto, mas está em andamento uma grande tentativa.

Entretanto, agora há informações sobre cada movimento que você, ou qualquer peça de “inventário” faz dentro do sistema.

Esta não é apenas uma conversa hipotética.

Esta é a sociedade que foi construída.

Boa sorte na tua tentativa de evitar isso. Você não vai evitar esses dispositivos por mera chance, será necessário muito trabalho para permanecer anónimo, manter-se fora da rede e, do seu alcance.

Como o Sargent Survival explica no site BeSurvival.com, sair do sistema não é tarefa fácil. Qualquer tentativa séria de “apagar-te” do sistema e realmente passar despercebido implicaria algum trabalho muito metódico.

Não é impossível, mas tembém não é o padrão.

  • Existem mais de 30 milhões de câmaras de vigilância nos EUA, uma câmara para cada dez americanos.
  • O americano médio está em 200 bases de dados.
  • Criar um plano para evitar que sejas rastreado é uma boa ideia, caso desejas criar uma nova vida.
  • Antes de sair, mude significativamente a sua aparência.
  • Antes de sair, encerre todas as suas contas (e-mail, contas bancárias, cartões de crédito, etc.).
  • Não encerre os seus sites nas redes sociais, porque podes usá-los para fornecer desinformação.
  • Antes de sair, apague todos os arquivos do computador e livre-se do disco rígido do computador – ferva, esmague, desmagnetize ou use uma varinha electromagnética.
  • Livre-se do seu telemóvel ou tablet, pois estes podem ser facilmente utilizados para rastrear a sua localização.
  • Quebre os seus padrões normais (o que você come, os lugares que frequentas, onde fazes compras, o tipo de trabalho que fazes, etc.).
  • Mude completamente o seu estilo de vida [e emprego].
  • Pague tudo em dinheiro.
  • Abandone o seu carro e encontre um substituto; Livre-se da passagem de pedágio que pode rastrear os seus movimentos.
  • Mude a sua identidade… peça ao tribunal que mude legalmente o seu nome para um que seja novo e comum.
  • Peça uma carta de condução com o seu novo nome. Compre um telemóvel básico pré-pago (não um telefone inteligente). Substitua o telefone pré-pago com frequência, a cada 2 semanas.
  • Para voltar a conectar-se a Internet use um novo computador. Fique longe das bibliotecas!
  • Use sempre um cabo para o seu laptop e desligue o wi-fi; Reencaminhe o seu endereço IP para que a sua localização não possa ser determinada.
  • Esteja ciente da espionagem da NSA e do programa ECHELON nos EUA que monitora as transmissões dos telefones e computador por palavras-chave e mensagens.
  • Existem mais de 70 centros FUSION nos EUA que coordenam a vigilância e outras informações.
  • Agora existe a tecnologia para identificá-lo através da forma como andas, as suas medições faciais e biometria.
  • Serão necessários de 7 a 10 anos antes que a sua identidade antiga seja apagada das bases de dados, isso se alguma vez for apagada.
  • Quanto menos interagires com a tecnologia, melhor será para você.

Viver fora da rede é um grande sonho e, um bom princípio para viver. É essencial preparar-se para lidar com as emergências e escapar das zonas de perigo das cidades modernas. O uso da tecnologia neste mundo vem com muitas vantagens, mas também algumas serias desvantagens.

Certifique-se de que o seu uso da tecnologia esteja a servir os seus propósitos e, não a afastar-te durante os bons ou maus momentos.

Fonte:

http://www.activistpost.com/2017/01/staying-off-grid-nearly-everything-chipped-almost-everything-tracked.html

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: