Posts recentes

O Ritmo da Respiração É a Chave Para Controlar o Medo e o Comportamento Emocional

amygdala

Vivemos num mundo temeroso e somos expostos a um dilúvio de stress todos os dias. Assim como o medo é um resultado de reagir aos eventos reais ou percebidos nas nossas vidas, ele é também uma função biológica do corpo humano e, quando equipado com uma compreensão de como o corpo controla o sistema emocional, podemos facilmente enganá-lo, enganando-nos em equilíbrio emocional.

Esta perspectiva é cientificamente validada por uma nova pesquisa da Universidade de Northwestern Feinberg Faculdade de Medicina em Chicago, Illinois, que descobriu como os vários padrões rítmicos da respiração impactam profundamente as recordações e o corpo emocional, especificamente a resposta ao medo.

O cérebro cria impulsos eléctricos que ligam as funções físicas para as reacções emocionais e a actividade eléctrica do cérebro é profundamente afectada pelos nossos padrões de respiração. O resultado desse equilíbrio é determinado se estamos ou não inspirando ou expirando, bem como se estamos a respirar através do nariz ou da boca, visto que cada variável cria uma resposta eléctrica diferente dentro do cérebro.

No estudo da Universidade Northwestern, os participantes viram imagens de expressões humanas, algumas assustadoras, enquanto iniciavam vários padrões de respiração. Os pesquisadores observaram que as pessoas processam mais facilmente o medo e, lembram-se de imagens com maior facilidade, enquanto inspiram através do nariz.

“Uma das principais descobertas neste estudo é que existe uma diferença dramática na actividade cerebral da amígdala e do hipocampo durante a inspiração em comparação com a expiração. Quando a pessoa respira, descobrimos que ela estimula os neurónios no córtex olfatório, amígdala e hipocampo e, em todo o sistema límbico.” ~ Christina Zelano, professora assistente de neurologia na Universidade Northwestern da Escola de Medicina Feinberg e principal autora do estudo.

A amígdala é decisiva para o processamento das emoções, especialmente as relacionadas com o medo, enquanto o hipocampo está fortemente ligado a recordação e, a respiração, que se origina com o diafragma, desempenhando um papel crítico de regular a sua função.

“A respiração é modulada no diafragma e, é também o local onde muitos sintomas físicos associados com o medo e ansiedade se manifestam.” ~ Brett Wilbanks

As diferenças na actividade cerebral que ocorrem durante os ritmos respiratórios foram reconhecidas pela observação da actividade cerebral durante a introdução de rostos humanos que mostravam medo ou surpresas, encontrando actividade distintamente aumentada durante a inspiração. Saber isso, pode ser altamente vantajoso quando se percebe que a sua reacção do medo está a fazer horas extras.

“Podemos potencialmente usar esse fato para a nossa vantagem. Por exemplo, se você estiver num ambiente perigoso com estímulos temerosos, os nossos dados indicam que você pode responder mais rapidamente se estiveres inspirando através do seu nariz.” ~ Christina Zelano

Além disso, isso ainda valida a importância da meditação, que geralmente focaliza-se no desenvolvimento do controlo da respiração, a fim de acalmar a mente e normalizar a função fisiológica do corpo. Os resultados a longo prazo de uma prática de meditação dedicada incluem reacções emocionais e ideais mais estáveis do mundo que nos rodeia, indicando novamente que a respiração é um componente crítico para viver uma vida destemida.

Este ponto de vista é apoiado por esta pesquisa, como foi observado por Zelano.

“Quando você inspira, você está de certo modo sincronizando as oscilações cerebrais através da rede límbica.” ~ Christina Zelano

Fonte:

http://www.wakingtimes.com/2017/03/01/rhythm-breathing-key-controlling-fear-emotional-behavior/

transferir Graciano Constantino oferece tratamentos de Cura Energética. O tratamento pode ser feito pessoalmente ou a distância, normalmente através do Skype ou se preferir basta simplesmente uma foto recente de modo a facilitar a conexão. Actualmente vivendo em Turim – Itália, Graciano dedica uma parte do seu tempo na arte da cura, trabalhando com plantas e também animais. Saiba mais sobre Graciano Aqui

Para saber mais sobre a técnica visite: Cura de Pura Energia

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: