Posts recentes

Identificação de Reconhecimento Facial Começa a se Espalhar dos Aviões para os Comboios

train-facial-recognition-1024x529 (Copiar)

A marcha continua a acelerar em direcção a um futuro de identificação biométrica para todas as viagens.

Os leitores regulares talvez saibam que, nos últimos meses, estive a cobrir alguns desenvolvimentos perturbadores sobre os aeroportos dos EUA e internacionais que parecem mostrar uma aceleração do plano para usar a identificação biométrica de uma variedade de maneiras.

No dia 19 de Maio, publiquei um novo programa iniciado pela Delta Airlines no aeroporto de Minneapolis-St. Paul o qual dispõe de quiosques de bagagem automatizados para “clientes prioritários” que digitalizarão primeiro o passaporte de um viajante, depois o rosto para combinar a identidade com a bagagem despachada. Foi promovido como um “programa piloto” que a Delta lançou para obter o feedback dos clientes na esperança de que o mesmo possa ser divulgado mais amplamente no futuro. Esse programa já entrou na fase 2 no Aeroporto Nacional Reagan com cartões de embarque biométricos para membros beneficiários.

A JetBlue afirmou que “testará a tecnologia de reconhecimento facial e de impressões digitais em dois aeroportos dos EUA para substituir os cartões de embarque, com base nos esforços da indústria para aumentar a segurança e facilitar a passagem nos aeroportos”.

Essas histórias foram peças menores para um enigma maior que a Alfândega e Protecção de Fronteiras dos EUA está a tentar resolver através de um mandato federal. O CBP anunciou no dia 15 de Junho que integraria bancos de dados governamentais com uma empresa privada para acelerar o processamento biométrico.

Além disso, o Departamento de Segurança Interna deixou claro que a identidade biométrica será eventualmente obrigatória para viagens no exterior, alegando que “a única maneira de um indivíduo garantir que ele ou ela não esteja sujeita a recolha de informações biométrica durante viagens internacionais é abster-se de viajar.” É isso mesmo, sem a opção de recusar, apenas fique em casa.

OK, então não há preocupações – as viagens aéreas são melhores nos dias de hoje, certo? E a maioria das pessoas provavelmente nem sequer pode pagar. Bem, assim como qualquer método de controlo incremental, não pára por onde começa; Ele continua a ganhar velocidade enquanto dirige a proeminente inclinação escorregadia.

Então, aqui vamos nós – a BBC relata sobre “Como o reconhecimento facial poderia substituir os bilhetes de comboio”.

Um sistema de reconhecimento facial projectado para substituir a necessidade de bilhetes nos comboios, está a ser testado no Reino Unido.

Uma versão inicial que usa duas luzes infravermelhas para ajudar uma única câmara a determinar a textura e a orientação de cada pixel que as capturas foi mostrada a BBC Click.

O sistema, desenvolvido pelo laboratório de robótica de Bristol, está a ser parcialmente financiado pelo governo e pelo sector privado. 

Os pesquisadores disseram que o programa que eles acreditam que identificará com sucesso os passageiros sem a necessidade de terem que parar de andar e podem substituir os portões de embarque. 

O vídeo abaixo cobre detalhes adicionais do plano que poderiam ser implementados em todo o Reino Unido, até 2020.

Claramente, os aeroportos nunca foram destinados a ser o destino final. A tecnologia de reconhecimento facial já se espalhou para os espaços públicos para a recolha de dados, principalmente para a publicidade segmentada, mas também para a determinação de pontos de vista políticos. A Rússia tem um programa piloto em andamento em Moscovo, onde as suas 150 mil câmaras CCTV estão a ser adaptadas com a nova tecnologia de reconhecimento facial que pode até mesmo ler emoções num esforço para estabelecer um sistema de polícia pré-crime.

Passo a passo, as pessoas estão a ser transformadas em organismos digitais, facilitando a digitalização e o processamento. Existe a vontade política, existem bases de dados e, a tecnologia está a ser claramente desenvolvida em todas as áreas significativas da actividade humana.

Fonte:

http://www.activistpost.com/2017/07/facial-recognition-id-planes-trains.html

transferir Graciano Constantino oferece tratamentos de Cura Energética. O tratamento pode ser feito pessoalmente ou a distância, normalmente através do Skype ou se preferir basta simplesmente uma foto recente de modo a facilitar a conexão. Actualmente vivendo em Turim – Itália, Graciano dedica uma parte do seu tempo na arte da cura, trabalhando com plantas e também animais. Saiba mais sobre Graciano Aqui

Para saber mais sobre a técnica visite: Cura de Pura Energia 

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: