Posts recentes

6 Mudanças Radicais Na Sociedade, Que Estão A Ser Normalizadas Pela Nova Ordem Mundial

NWO-TV-Fuzz-1.v1.jpg

Até certo ponto, o termo Nova Ordem Mundial (NOM) parece estar a sair de moda à medida que a guerra de informação avança. Com tanta corrupção e perversão a ser exposta em todos os sectores da sociedade, quem tem tempo para considerar a ideia abrangente que constitui a base ideológica de tudo?

A Nova Ordem Mundial evoluiu para a linha de acabamento não falada que qualquer pessoa no poder procura. Não é mais um grupo particular, per se, mas sim a ideia suprema de que a total centralização do poder é a conclusão perdida para as pessoas da Terra.

“Eu não acho correcto enquadrar a Nova Ordem Mundial como necessariamente uma política ou grupo. Eu acho que é mais parte de uma ideologia do globalismo que foi explicitamente articulada de várias maneiras por várias pessoas que estão ligadas, mas nem sempre são directas, como nós pensamos.”~ James Corbett 

Para manifestar uma ideia tão grande quanto essa para todo o mundo, é necessário mudanças radicais sobre a forma como as pessoas vivem, o que elas acreditam, o que elas valorizam e como elas interagem uns com os outros. É, em essência, uma revolução cultural. Isso está a ser realizado pela normalização lenta mas constante de ideias e práticas na cultura popular, de modo que, com o tempo, coisas inaceitáveis tornam-se onipresentes.

Esta é a proverbial panela de água a ferver e, coze lentamente o sapo que não notará o aumento da temperatura até que seja tarde demais para fugir. Nós estamos a entrar num território perigoso e, enquanto houver uma reacção que se forma contra muitos aspectos do presente, é vantajoso que se tome nota de todo o espectro das alterações sociais que assistimos hoje.

Como exemplos, aqui estão seis coisas que estão a ser normalizadas, ao nosso redor. São questões que alteram drasticamente a psicologia e o comportamento das pessoas de maneira que reduzem a liberdade pessoal e o individualismo, de modo que o mundo seja facilmente conduzido à governação global e à tirania de cima para baixo.

1. Guerra Permanente

Fomos avisados por Orwell que o totalitarismo requer uma guerra permanente, mudando o roteiro de modo que a guerra seja válida. Randolph Bourne explicou-nos que a guerra é a saúde do estado. Estamos em guerra continuamente por dezasseis anos e, tornou-se uma parte tão comum da vida, que ninguém se importa com as guerras ou com a forma como nos envolvemos. Ninguém se importa quão dependente a nossa economia tornou-se em refornecer as bombas e as armas que desestabilizam o mundo.

“O impacto da guerra na” sociedade “é ainda mais dramático. Bourne escreve: “… em geral, a nação no tempo de guerra alcança uma uniformidade de sentimento, uma hierarquia de valores que culmina no ápice incontestável do ideal do Estado, que não poderia ser produzido por qualquer outra agência a não ser pela guerra”. Em vez de incorporar o seu princípio de tempo de paz de funcionamento – “viver e deixar viver”, a sociedade adopta o princípio do Estado de “um grupo” agindo “em seus aspectos agressivos”. [Fonte]

2. A Negação Da Natureza Humana e Da Lei Natural

A sociedade está a avançar de tal forma que os valores não podem mais ser acordados e os valores que são contrários à natureza estão a ser pressionados para o topo da consciência pública. A confusão sobre a identidade de género é talvez o melhor exemplo disso, já que agora vemos o governo a decretar leis para punir as pessoas que insistem que a nossa natureza biológica é e sempre será indiscutivelmente clara.

“O Niilismo acontece numa sociedade depois que os valores são desvalorizados. Parece que já não existem valores. Quando o sistema de valores da sociedade tenta controlar o mundo natural de forma que não pode ser controlado, o sistema falhará e, então parecerá que a sociedade não tem valores”. ~ Larken Rose

3. Sociedade Sem Dinheiro

Sem a micro-administração das finanças do indivíduo, os humanos ainda estão livres para actuar fora do sistema usando dinheiro para negociar bens e serviços sem a supervisão directa dos autoritários. Isso está rapidamente a chegar ao fim, no entanto, estão a ser feitos muitos avanços em direcção para uma sociedade sem dinheiro e, a um ritmo cada vez maior.

Se não tivermos a capacidade de negociar uns com os outros sem permissão, então cada compra que fizermos, mesmo para alimentação, está sujeita à aprovação de um governo desumano e explorador.

Entre a longa lista de itens agrupados por comerciantes de realidade de consenso sob a bandeira da “teoria da conspiração”, existe um mundo sem dinheiro – onde os tecnocratas dominam a população e tudo e qualquer coisa é trocada através de chips de plástico e RFID.

Nesta sociedade de alta tecnologia Orwelliana, estéril e controlada, a ideia de dinheiro ser passada de mão em mão seria tão arcaica quanto o pensamento de transportar uma mochila de varas de contagem hoje.” ~ Patrick Henningsen 

4. Vigilância total e fim da privacidade

Assim como no livro de Orwell, 1984, onde os teleecrãs vigiam todos com comunicação bidirecional, o mundo de hoje está a ser projectado para aceitar e até mesmo amar a vigilância total. O medo tem sido a principal táctica utilizada para promover essa ideia para a consciência pública e, o incentivo para o fim da privacidade começou com seriedade depois dos ataques de 11 de Setembro.

Hoje, com a ameaça sempre presente de ataques terroristas, a vigilância parece ser uma boa ideia para muitas pessoas, mas agora a privacidade é quase inexistente mesmo até no nível do consumidor. Os produtos adquiridos voluntariamente por clientes felizes incluem as tecnologias mais invasivas de todos os tempos. As pessoas estão realmente a pagar para pôr dispositivos nas suas próprias casas, que ouvem e vêem tudo e estão em constante comunicação com bancos de dados corporativos. A tecnocracia aproxima-se.

“Enquanto eles entendem que as plataformas e dispositivos conectados podem levar a resultados negativos, eles acham que coisas más acontecerão a outra pessoa ou, se eles sofrerem em algum aspecto, eles ainda vão pousar em seus pés.” [Fonte]

5. Canibalismo  

Isso é muito bizarro para sequer pensar, mas o canibalismo está a ser normalizado na cultura mainstream. O tema tem se repetido frequentemente em filmes, programas e vídeos musicais e, notícias relacionadas ao canibalismo são frequentemente encontradas na mídia como notícias de primeira página.

O canibalismo parece um outlier na agenda da NOM, mas desempenha um papel especialmente importante na desvalorização da vida humana e encoraja as pessoas a participar voluntariamente da zombificação do ser.

“Escritores e directores que reformulam o canibalismo como uma aflição da mente, em vez do corpo que o transforma num novo arquétipo complexo, são muitas vezes conflituosos. A maioria das novas histórias de canibais tratam os seus assuntos não como monstros, mas como seres humanos lutando com o desejo de todos os consumidores de fazer algo revoltante. Eles são como zombies com consciência. “[Fonte]

6. Perversão Sexual Radical e Perversão do Corpo Humano

No meio de revelações maciças sobre o abuso sexual de Hollywood, é imperativo reconhecer que a perversão sexual e a perversão do eu em geral já estão totalmente normalizadas hoje. É uma parte amplamente conhecida e tacitamente aceite do niilismo na nossa sociedade.

Estamos a ver um aumento na quantidade de pedófilos e círculo de tráfico sexual e, esperamos ver mais exposição de pedófilos corporativos e governamentais. O fato de que muitas apreensões estão a acontecer é uma indicação de quão grande é esse problema.

Enquanto isso, os principais canais de notícias continuam a glorificar e a dar ampla cobertura de modificações cirúrgicas extremas do corpo e mudanças de sexo em crianças. Isso reforça a ideia de que o ser humano é uma invenção imperfeita e que entregar-se completamente ao ego é perfeitamente aceitável. Uma vez que o indivíduo está perdido dentro do seu próprio corpo, a consciência não terá centro.

Considerações Finais

Para que a Nova Ordem Mundial seja concretizada, muitas pessoas devem concordar voluntariamente com a usurpação das liberdades naturais sempre em expansão por um governo cada vez maior. Para que isso aconteça, as pessoas precisam ser programadas com a ideia de que os indivíduos são menos que o grupo, que os seres humanos de alguma forma não valem serem salvos. A nossa cultura deve ser radicalmente alterada para aceitar um novo conjunto de valores.

Fonte:

http://www.wakingtimes.com/2017/10/30/6-radial-shifts-society-normalized-new-world-order/

Graciano..jpg Graciano Constantino oferece tratamentos de Cura Energética. O tratamento pode ser feito pessoalmente ou a distância, normalmente através do Skype ou se preferir basta simplesmente uma foto recente de modo a facilitar a conexão. Actualmente vivendo em Turim – Itália, Graciano dedica uma parte do seu tempo na arte da cura, trabalhando com plantas e também animais. Saiba mais sobre Graciano Aqui

Para saber mais sobre a técnica visite: Cura de Pura Energia 

Anúncios

2 Comments on 6 Mudanças Radicais Na Sociedade, Que Estão A Ser Normalizadas Pela Nova Ordem Mundial

  1. Illuminati…
    Muito bom este texto, expõe algo que a maioria das pessoas acha que é uma mera teoria da conspiração mas que é bem real!

    Liked by 1 person

  2. O texto resume muito bem pra onde caminhamos.

    Liked by 1 person

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: