Posts recentes

A Recolha De Órgãos De Seres Humanos Submetidos À Eutanásia Começa No Canadá, Com Total Apoio Das Autoridades Médicas

organ

Parece que o pandemónio da extracção ilícita de órgãos da China Comunista finalmente infiltrou-se na América do Norte, pois novos relatórios indicam que os pacientes submetidos à eutanásia no Canadá estão a ter os seus órgãos vitais removidos enquanto ainda estão vivos e que “voluntariamente” doaram para obter lucro, depois das suas mortes.

De acordo com Frank Buckley, um professor de direito que recentemente escreveu um artigo sobre esta última série de horrores para o Wall Street Journal (WSJ), “cerca de 30 pacientes submetidos à eutanásia no Canadá doaram os seus órgãos após a morte desde 2016”, que ele e outros dizem ser um grande conflito de interesse devido a forma que o processo está a desenrolar-se.

Um documento emitido em 3 de Junho pela Associação Médica Canadiana (CMA) dita que os médicos canadianos terão permissão para “remover os órgãos dos seus pacientes vulneráveis e suicidas”, segundo Life Site News, o que significa que agora existe um incentivo para que médicos corruptos encorajem a eutanásia como uma porta dos fundos para obter órgãos vitais altamente lucrativos.

Esta publicação da CMA complementa um artigo publicado no ano passado no jornal New England Journal of Medicine, que tentava argumentar que os órgãos vitais seriam de “melhor qualidade” se pudessem, de alguma forma, ser removidos dos doadores enquanto estes ainda estivessem vivos – e os pacientes de eutanásia, na verdade, são candidatos perfeitos.

“O documento sombrio descreve como as decisões de doação de órgãos e eutanásia podem ser desmembradas, mas permite que os médicos informem a possibilidade de doação de órgãos nos seus pacientes suicidas vulneráveis”, explica o Prof. Buckley.

“Também esclarece que a remoção de órgãos não deve começar até que o paciente esteja clinicamente morto (sic) e o coração tenha parado de bater”.

A Medicina Tradicional Está Obcecada Pelo Dinheiro E Não Se Importa Com Os Pacientes

Mas, mais uma vez, se um paciente de eutanásia já tenha decidido morrer de qualquer maneira, colher os seus órgãos mais cedo seria um produto “mais fresco” e mais valioso. Isso explicaria por que os “pontos-chave” da emissão da CMA incluem a recomendação de que os médicos evitem discutir a opção de doação de órgãos com os seus pacientes de eutanásia até depois de já terem optado pela morte com “assistência medica”.

Aos olhos de Alex Schadenberg, da Coligação de Prevenção de Eutanásia do Canadá, essas mudanças certamente desencadearão uma explosão de morte por casos de doação de órgãos, porque incentivam o assassinato de pessoas por causa das suas valiosas partes do corpo.

“A aceitação da doação de órgãos após a eutanásia leva à pressão de fazer a eutanásia pela doação de órgãos”, disse ele ao Life Site News. “O conceito de que a doação de órgãos e a eutanásia podem ser separadas é falso. A pessoa estará preparada para a doação de órgãos e a eutanásia simultaneamente para tornar o procedimento mais eficaz”.

Tenha em mente que a eutanásia activa foi legalizada no Canadá há apenas três anos ou seja em 2016, quando as directrizes oficiais de doação de órgãos do país não abordavam como lidar com pacientes plenamente conscientes. Desde então, elas foram actualizadas para reflectir a nova lei, mas agora não abordam as preocupações éticas inerentes à extracção de órgãos associada à eutanásia.

“A capacidade dos doadores para darem consentimento em primeira pessoa tanto para a MAID (Assistência médica ao morrer) como para a doação de órgãos cria desafios emocionais e morais para os profissionais de saúde e levanta desafios éticos e práticos sem precedentes para os pacientes, famílias, profissionais de saúde e instituições e a sociedade”, admite uma introdução às novas directrizes.

Um dos piores aspectos das novas regras é que os pacientes de eutanásia não precisam ser os únicos a iniciar o processo de doação de órgãos. Esses mesmos pacientes também podem ter os seus órgãos colectados mesmo depois de perderem a capacidade consciente de mudar de ideia, o que o professor Buckley vê como um problema sério.

“Isso deve dar aos legisladores em estados como Nova York uma pausa antes que eles se movam para legalizar a eutanásia”, ele escreve. “Os profissionais médicos não devem receber incentivo para verem os seus pacientes como sacos de órgãos valiosos e, não como seres humanos”.

Fonte:

https://www.naturalnews.com/2019-06-30-organ-harvesting-from-euthanized-humans-begins-in-canada.html

Leitura Psíquica Com Graciano Constantino

Para mais informações e marcações clique AQUI

c700x420.v1

Graciano..jpg Graciano Constantino oferece tratamentos de Cura Energética. O tratamento pode ser feito pessoalmente ou a distância, normalmente através do Skype ou se preferir basta simplesmente uma foto recente de modo a facilitar a conexão. Actualmente vivendo em Turim – Itália, Graciano dedica uma parte do seu tempo na arte da cura, trabalhando com plantas e também animais. Saiba mais sobre Graciano Aqui

Para saber mais sobre a técnica visite: Cura de Pura Energia

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: