Posts recentes

Actualização COVID ITÁLIA: Dissipando A Ilusão Da Pandemia

Codc

As informações a seguir sobre a Itália são de 30 de Março, de um artigo publicado na Swiss Propaganda Research. Descreve relatórios do Instituto Nacional de Saúde Italiano. Isso confirma o que escrevi sobre a Itália, que é:

Pegue numa população de muitos idosos que já têm graves problemas de saúde, múltiplos e de longo prazo, incluindo problemas pulmonares. Observe que essas pessoas já foram tratadas com vários medicamentos tóxicos. Acrescente a poluição atmosférica muito tóxica em certos sectores do país – o que, de fato, é responsável por grande parte desses problemas pulmonares. Considere que a pneumonia – considerada uma característica fundamental do COVID-19 – está em franca expansão na Itália há muito tempo, muito antes do surgimento do suposto Coronavírus. O número de casos de doenças semelhantes à gripe e pneumonia, anterior à “pandemia”, é enorme. Esses casos mostram os mesmos sintomas gerais atribuídos ao COVID. Por fim, use um teste de diagnóstico que, como descrevi, pode acumular falso-positivos por razões que não têm nada a ver com o COVID … e você tem a ilusão de uma nova epidemia.

“Mas … mas e as enfermarias da UTI super lotadas nos hospitais?”

Pense nisso, todo idoso doente com problemas nos pulmões agora teme que ele / ela possa “ter o vírus”, e assim vem a inundação de pessoas no hospital. Não é nenhum mistério.

Aqui estão alguns trechos do artigo da Swiss Propaganda Research, “Facts about Covid-19“:

“De acordo com os dados mais recentes do Instituto Nacional de Saúde da Itália, a idade média dos mortos positivamente testados na Itália é de cerca 81 anos, 10% dos mortos têm mais de 90 anos e 90% têm mais de 70 anos.”

“80% dos mortos sofriam de duas ou mais doenças crónicas, 50% dos mortos sofriam de três ou mais doenças crónicas. As doenças crónicas incluem, em particular, problemas cardiovasculares, diabetes, problemas respiratórios e cancro.”

“Menos de 1% dos mortos eram pessoas saudáveis, ou seja, pessoas sem doenças crónicas pré-existentes. Apenas cerca de 30% dos mortos são mulheres.”

“O Instituto Italiano de Saúde, além disso, distingue entre aqueles que morreram do Coronavírus e aqueles que morreram com o Coronavírus. Em muitos casos, ainda não está claro se as pessoas morreram do vírus ou das suas doenças crónicas pré-existentes ou de uma combinação de ambas.”

“Os dois italianos mortos [!!] com menos de 40 anos (ambos com 39 anos) eram pacientes com cancro e diabéticos com complicações adicionais. Também nesses casos, a causa exacta da morte ainda não estava clara (ou seja, se foi causada pelo vírus ou pelas suas doenças pré-existentes).”

“A sobrecarga parcial dos hospitais deve-se à agitação geral dos pacientes e ao aumento do número de pacientes que necessitam de cuidados especiais ou intensivos. Em particular, o objectivo é estabilizar a função respiratória e, em casos graves, fornecer terapias antivirais [tóxicas].”

“O norte da Itália possui uma das populações mais antigas e a pior qualidade de ar da Europa, que já havia levado a um aumento no número de doenças respiratórias e mortes no passado e provavelmente é um factor de risco adicional na actual epidemia”.

“A Coreia do Sul, por exemplo, teve um curso muito mais lento que a Itália e já passou do auge da epidemia. Na Coreia do Sul, apenas cerca de 70 mortes com resultado positivo foram relatadas até o momento. Assim como na Itália, os afectados eram principalmente pacientes de alto risco.”

“As poucas dezenas de mortes suíças positivas até agora também eram pacientes de alto risco com doenças crónicas, uma idade média de mais de 80 anos e uma idade máxima de 97 anos, cuja causa exacta da morte, ou seja, do vírus ou das suas doenças pré-existentes, ainda não é conhecido.”

Vou esclarecer mais um ponto, mesmo que os testes de diagnóstico em pacientes mostrem a presença do vírus COVID-19 – e mesmo que aceitemos essa descoberta como verdadeira – nunca foi provado que o teste é capaz de dizer QUANTO vírus existe no corpo de um paciente. E isso é vital, porque, para começar a falar sobre uma pessoa que está realmente doente, ele precisaria ter milhões e milhões de vírus replicando-se activamente no seu corpo. Portanto, a descoberta do teste é irrelevante no mundo real, ao contrário do laboratório.

No mundo real, do qual a Itália faz parte, os idosos, que têm múltiplos e graves problemas de saúde a longo prazo, que são tratados há anos com medicamentos tóxicos – essas pessoas morrem por causa desses factores, não há necessidade de um vírus supostamente novo para explicar por que essas pessoas estão a morrer.

A fraude e o crime absolutos envolvidos aqui são enormes, os autores, na sua bolha de reputação, falsas ciências de parede a parede, imprensa robô e apoio do governo, escapam com as suas carreiras intactas, mas a verdade tem uma maneira de derrubar pedestais e as pessoas que os apoiam.

Fonte:

https://www.davidicke.com/article/567731/covid-italy-update-dispelling-pandemic-illusion

Leitura Psíquica Com Graciano Constantino

Para mais informações e marcações clique AQUI

c700x420.v1

Graciano..jpg Graciano Constantino oferece tratamentos de Cura Energética. O tratamento pode ser feito pessoalmente ou a distância, normalmente através do Skype ou se preferir basta simplesmente uma foto recente de modo a facilitar a conexão. Actualmente vivendo em Turim – Itália, Graciano dedica uma parte do seu tempo na arte da cura, trabalhando com plantas e também animais. Saiba mais sobre Graciano Aqui

Para saber mais sobre a técnica visite: Cura de Pura Energia

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: