Posts recentes

Velas No Escuro Com Larken Rose

Larken-Rose_Activist-Post-777x434

A crença na “autoridade”, que inclui toda a crença no “governo”, é irracional e auto-contraditória; é contrária à civilização e à moralidade e constitui a superstição mais perigosa e destrutiva que já existiu. Em vez de ser uma força de ordem e justiça, a crença na “autoridade” é o arqui-inimigo da humanidade.

A “autoridade” pode ser resumida como: o direito de governar. Não consiste meramente na capacidade de controlar os outros à força, que de algum modo quase todos possuem. É o suposto direito moral de controlar os outros à força. A diferença entre uma gangue de rua e o “governo” é como estes são vistos pelas pessoas que eles controlam. As transgressões, extorsões, os roubos, assaltos e homicídios cometidos por bandidos comuns são vistos por quase todos como algo imoral, injustificável e criminal. As suas vítimas podem cumprir as suas ordens, mas não o fazem por qualquer sentimento de obrigação moral a obediência, mas simplesmente por medo. Se as potenciais vítimas da gangue de rua achassem que pudessem resistir sem correr qualquer perigo, já o teriam feito sem o menor indício de culpa. Elas não vêem o bandido como algum tipo de governante legítimo, não o reconhecem como “autoridade.” O saque que eles colectam não é referido como “impostos” e as suas ameaças não são chamadas de “leis”.

Citações de Larken Rose

“A coisa mais corajosa que poderás alguma vez fazer é entrar numa cabine todos os anos, onde ninguém pode vê-lo e pressionar um botão para dizer qual dos dois senhores de escravos você prefere pertencer.”

“Desafia a lógica dizer:” Dou o meu consentimento para que você seja roubado. “No entanto, essa é a base do culto à “democracia”: a noção de que a maioria pode dar consentimento em nome de uma minoria. Isso não é “consentimento dos governados”; é controlo forçado dos governados, com o “consentimento” de terceiros”.

“As pessoas verdadeiramente más, com toda a sua malícia e ódio, representam muito menos ameaça para a humanidade do que as pessoas basicamente boas que acreditam na “autoridade”.

“Mas a história mostra que a maioria dos seres humanos literalmente preferem morrer do que reconsiderar objectivamente os sistemas de crenças em que foram criados”.

“Muitas pessoas foram capazes de reconhecer e opor-se a actos específicos de tirania por regimes específicos, mas muito poucas pessoas reconheceram que o problema subjacente não é quem está no trono; o problema é que há um trono para se sentar.”

“Você proclama o orgulho de ser” cidadão cumpridor da lei “e manifesta total desprezo por qualquer um que se considere acima das suas chamadas” leis “, leis que nada mais são do que caprichos egoístas de tiranos e ladrões.”

“A verdade é que esses parasitas que se auto denominam ‘líderes’ não são seres superiores, não são grandes homens e mulheres, não são dignos de honra, nem sequer são homens médios”.

“O cidadão honesto, respeitador da igreja, cumpridor da lei e pagador de impostos que vota em democrata ou republicano é muito mais desprezível e uma ameaça maior à humanidade do que o hippie mais promíscuo, preguiçoso e que cheira droga. Por quê? Porque o hippie está disposto a deixar os outros livres e, o eleitor não está.”

“O alegado direito de governar, em qualquer grau e forma, é o oposto da humanidade. O início da violência é o oposto da coexistência harmoniosa. O desejo de domínio é o oposto do amor à humanidade. Esconder a violência sob camadas de rituais complexos e racionalizações auto contraditórias e rotular vandalismo como virtude e compaixão, não muda esse fato.”

“Você foi tão doutrinado no culto do estado que ficas verdadeiramente chocado quando uma pessoa sã ocasional declara o óbvio: o mero fato de que os bandidos políticos escreveram algo e declararam que as suas ameaças eram ‘lei’ não significa que qualquer ser humano em qualquer lugar tem a menor obrigação moral de obedecer. A todo momento, em todos os dias, em todos os locais e situações, você tem uma obrigação moral de fazer o que considera certo, não o que algum tagarela diz ser ‘legal’. E isso exige que você primeiro determine o que é certo e errado para você mesmo – uma responsabilidade que você gasta muito tempo e esforço a tentar desviar.”

Fonte:

Candles In The Dark with Larken Rose

Leitura Psíquica Com Graciano Constantino

Para mais informações e marcações clique AQUI

c700x420.v1

Graciano..jpg Graciano Constantino oferece tratamentos de Cura Energética. O tratamento pode ser feito pessoalmente ou a distância, normalmente através do Skype ou se preferir basta simplesmente uma foto recente de modo a facilitar a conexão. Actualmente vivendo em Turim – Itália, Graciano dedica uma parte do seu tempo na arte da cura, trabalhando com plantas e também animais. Saiba mais sobre Graciano Aqui

Para saber mais sobre a técnica visite: Cura de Pura Energia

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: