Posts recentes

Sátira, As Vidas Dos Labradores Pretos Importam

103397666_1893755897425830_2033185635740400384_o

Sam foi acusado pelos seus mais de 100 milhões de seguidores na sua página do Labbook, por não se pronunciar sobre a morte de um labrador preto, acto violento cometido por um Pitbull branco.

Sam, ganhou o concurso do cão mais feio do mundo durante 10 anos seguidos, foi prestigiado com o prémio Nobel da paz e é um defensor dos direitos animais, não resistiu e fez um live no Labbook.

Sou um cão vira-lata, e somos considerados por muitos uma praga por estarmos sempre na rua sem era nem bera, nunca identifiquei-me com a minha raça, nem cor, muito menos pelo aspecto físico, era contra a minha natureza sair à rua e manifestar pela morte do Tui, todo e qualquer tipo de morte e violência deve ser condenada, quando os humanos chacinam os mosquitos eu sofro e no entanto ninguém se pronuncia. Não tenho nada contra o Tui, ninguém deve morrer daquela forma, e o Pitbull pagará pelos seus actos, mas não devemos combater a violência com mais violência e ódio, e se somos realmente defensores dos direitos animais devemos ser em todos aspectos da vida animal.

Todas as vidas animais importam e nunca vou defender nenhuma, eu defenderei sempre a vida. Quantos cães vivem nas ruas e ninguém se manifesta? Quantos cães são maltratados pelos humanos e morrem por diversos motivos? Quantas baratas são brutalmente esmagadas e a Interpol não investiga essas mortes? Muitos cães e não só sofrem nas mãos dos humanos chineses, são caçados e assados vivos e no entanto não vejo ninguém a doar somas exorbitantes para essas famílias, porquê? Os animais na Índia vivem em sistemas de castas, e ninguém manifesta a injustiça vivida lá e agora que moral têm vocês para me acusar de não defender o Tui? Tui está morto e os únicos animais que podiam fazer alguma coisa eram os que estavam perto e filmaram tamanha violência, agora é tarde, de que serve destruir as lojas dos Pitbulls?

No entanto, o trafico no site pornográfico LabradorHub, subiu consideravelmente e a secção, Labrony é a mais visitada. Que homenagem!

Há agressividade entre os próprios labradores pretos,

Em 1996 Weiler morde e arranca a orelha de Olipupi durante um combate de box. E ninguém manifestou?

Em 1996 Lane, mata kur considerado até hoje o maior rapper labrador num tiroteio em Las Vegas, e ninguém manifestou?

Em 1995, Wiwa, um labrador activista foi condenado a morte por enforcamento, no reino animal da Nigéria, recorde-se que esse reino é constituído por 99,9999% de animais pretos, alguém manifestou?

O dia da “Consciência Dos Labradores Pretos” é uma afirmação racista em si, imaginem, o dia da Consciência Das Galinhas Pretas, Dos Macacos Pretos, das Formigas Pretas?

Não é sobre a cor da pele dos animais, é sobre a cor da mente.

Nessa altura todos os morcegos iniciaram a reclamar, acusando todos os seres humanos de serem intrujões, é isso que eles são, acusaram-nos de ter provocado o covid, quando todos sabem que isso foi obra dos pangolins.

Um pangolim macho, gritou em voz poderosa e alta que todas essas afirmações não passavam de teorias de conspiração. Querem acabar com a nossa raça e com a nossa forma de vida pacífica!

De pacífica a vossa vida não tem nada, vocês e as vossas línguas viscosas destroem os nossos formigueiros e matam-nos sem piedade, somos a vossa principal se não a única fonte de alimentação, vocês deveriam morrer no inferno seus demónios, ouvia-se uma formiga-soldado.

Foi então nessa altura que a TV Anaconda, a maior e mais conceituada do mundo animal dava conta de uma manifestação na maior metrópole do reino, os manifestantes exigiam que o governo tivesse uma acção mais dura sobre os problemas climáticos causado pelos animais em especial pelos bovinos.

“Não aguentamos mais” “Somos todos herdeiros do mesmo planeta” “Nosso planeta, nosso futuro, vossos peidos” “Os bois destroem o clima e os búfalos a ver” “É um animalipse” “As estações estão mais irregulares que a minha menstruação” “São todos uns flatulentes” “O incesto é errado, por isso não fodam a mãe natureza” “Bastardos” Podiam-se ler alguns cartazes entre os manifestantes.

Um bisonte macho já em idade sexual e, claramente analfabeto pergunta à sua esposa o que é uma flatulência, ao que a esposa responde num tom curto e seco que tratava-se de qualquer tipo de vento anal, podendo ainda ser barulhento ou não, intenso ou suave, quente ou frio, húmido ou seco, e fazendo-se sempre acompanhar de uma fragrância poderosa, que posteriormente se espalha no ar.

A terra é triangular e os bovinos são todos uns peidões, gritava um hamster.

O rei Leão rugiu tão alto e poderosamente que todos os animais fizeram uma vénia em claro símbolo de respeito ao Rei.

E o rei proferiu as seguintes palavras,

Todas as vidas são importantes, todas sem excepção de nenhuma. Da baleia-azul ao Musaranho-pigmeu, todos fazem parte do grande ciclo da vida, onde todos nascem e desempenham as suas respectivas funções e finalmente morrem. Desde quando é que o deus-animal escolheu um animal em detrimento do outro? O deus-animal, criou todos de acordo com o seu propósito, reparem numa zebra, as suas listras desempenham um factor muito importante, ajudam a controlar a temperatura do corpo e também ajudam na camuflagem. Como poderemos alguma vez evoluir se continuamos a olhar para as nossas raças? É chegada a hora de parar de tratar os seres-animais com discriminação. Afirmar que as vidas dos Labradores Pretos Importam (Black Labrador Lives Matters) é a mesma coisa que dizer que a vida dos outros animais não importa, reparem nos nossos irmão bovinos, o tratamento incrivelmente racista e cruel por parte dos irmãos humanos é de cortar a respiração a qualquer Rei, e no entanto não existe nenhum hashtag #CowLivesMatter. Os animais são animais quando se amam quando há ódio nos tornamos humanos. Devemos nos converter do ódio ao amor, da miséria a felicidade, da crueldade a compaixão, se não haver paz na mente como podemos ter um reino animal pacífico? Todos os grandes Reis (Leões) do passado diziam a mesma coisa, “Conheça a sí mesmo” quem glorifica a sua raça, condena sem perceber as outras raças. A miséria é universal, a fome, a ignorância também, os animais sofrem de ignorância aguda, remover a ignorância é a chave para a verdadeira paz, verdadeira harmonia e verdadeira felicidade.

G. Constantino

Leitura Psíquica Com Graciano Constantino

Para mais informações e marcações clique AQUI

c700x420.v1

Graciano..jpg Graciano Constantino oferece tratamentos de Cura Energética. O tratamento pode ser feito pessoalmente ou a distância, normalmente através do Skype ou se preferir basta simplesmente uma foto recente de modo a facilitar a conexão. Actualmente vivendo em Turim – Itália, Graciano dedica uma parte do seu tempo na arte da cura, trabalhando com plantas e também animais. Saiba mais sobre Graciano Aqui

Para saber mais sobre a técnica visite: Cura de Pura Energia

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: