Posts recentes

Poliomielite Derivada Da Vacina Espalha-se Na África Após Derrota Do Vírus Selvagem

Um novo surto de poliomielite no Sudão foi associado à vacina oral contra a poliomielite que usa uma forma enfraquecida do vírus.

A notícia do surto chega uma semana depois que a Organização Mundial da Saúde (OMS) anunciou que a poliomielite selvagem foi erradicada na África

A OMS relacionou os casos a uma cepa do vírus que circulou no Chade no ano passado e alertou que o risco de propagação para outras partes do Corno de África é alto.

Num comunicado sobre os novos casos, a OMS disse que duas crianças no Sudão, uma do estado de Darfur do Sul e outra do estado de Gadarif, perto da fronteira com a Etiópia e a Eritreia, ficaram paralisadas em Março e Abril. Ambas tinham sido vacinadas recentemente contra a poliomielite.

A OMS disse que as investigações iniciais do surto mostraram que os casos estavam ligados a um surto contínuo derivado da vacina no Chade, que foi detectado pela primeira vez no ano passado e agora está a espalhar-se no Chade e em Camarões.

Embora a chamada poliomielite derivada da vacina seja um risco conhecido, o surgimento desses casos logo após o anúncio da erradicação da poliomielite selvagem na África é um retrocesso.

Em questão está o fato de que a vacina oral contra a poliomielite – preferida em alguns lugares devido à sua facilidade de distribuição e a falta de necessidade de seringas esterilizadas – usa uma versão atenuada ou enfraquecida da poliomielite.

Quando uma criança recebe a vacina oral, o vírus enfraquecido se multiplica no intestino, estimulando a produção de anticorpos e, pode estar presente nas fezes. Numa área onde os níveis de imunidade da população são altos o suficiente, isso geralmente não representa um problema, mesmo que o saneamento seja precário.

Mas em áreas onde há falta de saneamento básico e falta de imunização geral, o vírus pode sobreviver e circular durante meses, mutando com o tempo até apresentar o mesmo risco de paralisia que a poliomielite selvagem.

O uso da vacina oral contra a poliomielite foi interrompido no Reino Unido em 2004 e nos EUA em 2000 e, a agência da ONU recomenda que o uso da vacina oral deve ser interrompido após a poliomielite ser considerada erradicada devido ao risco de surtos derivados da vacina.

O sequenciamento genético do vírus envolvido nos casos do Sudão confirmou que eles estavam ligados ao surto no Chade.

A OMS alertou na segunda-feira que o risco de uma maior disseminação da pólio derivada da vacina na África Central e no Corno de África era alto, observando os movimentos populacionais em grande escala na região.

Em meio à pandemia do coronavírus, muitas campanhas importantes de vacinação necessárias para erradicar a pólio foram interrompidas em toda a África e em outros lugares, deixando milhões de crianças vulneráveis ​​à infecção.

Em Abril, a OMS e os seus parceiros recomendaram relutantemente uma suspensão temporária das campanhas de imunização em massa contra a poliomielite, reconhecendo que a mudança poderia levar ao ressurgimento da doença.

Em Maio, eles relataram que 46 campanhas para vacinar crianças contra a poliomielite foram suspensas em 38 países, principalmente na África, por causa da pandemia do coronavírus.

Algumas das campanhas foram reiniciadas recentemente, mas os profissionais de saúde precisam vacinar mais de 90% das crianças em seus esforços para erradicar a doença paralítica.

As autoridades de saúde tinham inicialmente como objectivo erradicar a poliomielite até 2000, um prazo repetidamente adiado e não cumprido.

A poliomielite selvagem continua endémica no Afeganistão e no Paquistão; ambos países também estão a lutar para conter surtos de poliomielite derivada da vacina.

Fonte:

https://www.theguardian.com/global-development/2020/sep/02/vaccine-derived-polio-spreads-in-africa-after-defeat-of-wild-virus

Leitura Psíquica Com Graciano Constantino

Para mais informações e marcações clique AQUI

c700x420.v1

Graciano..jpg Graciano Constantino oferece tratamentos de Cura Energética. O tratamento pode ser feito pessoalmente ou a distância, normalmente através do Skype ou se preferir basta simplesmente uma foto recente de modo a facilitar a conexão. Actualmente vivendo em Turim – Itália, Graciano dedica uma parte do seu tempo na arte da cura, trabalhando com plantas e também animais. Saiba mais sobre Graciano Aqui

Para saber mais sobre a técnica visite: Cura de Pura Energia

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: