Posts recentes

Aliança Mundial de Médicos Desafia A Narrativa ‘Covid-19’

Uma aliança independente sem fins lucrativos de médicos, enfermeiras, profissionais de saúde e equipes em todo o mundo que uniram-se na sequência do capítulo da resposta do Covid-19 para compartilhar experiências com o objetivo de encerrar todos os confinamentos e medidas prejudiciais relacionadas e para restabelecer determinação universal de saúde, do bem-estar psicológico e físico para toda a humanidade.

Carta Aberta Ao Governo Do UK, Governos Do Mundo E Cidadãos Do Mundo

TOTAL DE ASSINATURAS ATÉ AGORA: 22.208

Público em geral: 19.208

Médicos, Enfermeiras, Cientistas, Dentistas, Etc: 1.336

Profissionais de Saúde Holísticos: 1.664

INTRODUÇÃO

Fomos informados inicialmente que a premissa para o confinamento era para “nivelar a curva” e, portanto, proteger o NHS de ser sobrecarregado.

É claro que em nenhum momento o Serviço Nacional de Saúde (NHS) correu o risco de ser sobrecarregado e, desde Maio de 2020, as alas covid estão praticamente vazias; e, crucialmente, o número de mortos por covid permaneceu extremamente baixo.

Agora temos centenas de milhares dos chamados ‘casos’, ‘infeções’ e ‘testes positivos’, mas quase nenhuma pessoa doente. Lembre-se de que quatro quintos (80%) das ‘infeções’ são assintomáticas (1) As alas Covid estiveram em geral vazias ao longo de Junho, Julho, Agosto e Setembro de 2020. Mais importante ainda, as mortes por covid estão num nível mais baixo. É claro que esses “casos” na verdade não são “casos”, mas sim pessoas saudáveis ​​normais.

Os chamados casos assintomáticos nunca na história da doença respiratória foram o fator de disseminação de infeção. Em vez disso, são as pessoas sintomáticas que espalham infeções respiratórias – não as pessoas assintomáticas.

Também está muito claro que a ‘pandemia’ basicamente acabou e continua assim desde Junho de 2020.

Muito provavelmente, atingimos a imunidade coletiva e, portanto, não precisamos de uma vacina.

Temos tratamentos seguros e muito eficazes e tratamentos preventivos para o covid, portanto, pedimos o fim imediato de todas as medidas de quarentena, distanciamento social, uso de máscara, teste de indivíduos saudáveis, rastreio e localização, passaportes de imunidade, programa de vacinação e assim por diante.

Houve um catálogo de políticas não científicas e sem sentido promulgadas que infringem os nossos direitos inalienáveis, tais como – liberdade de movimento, liberdade de expressão e liberdade de reunião. Essas medidas totalitárias draconianas nunca devem ser repetidas.

CONFINAMENTO

O covid provou ser menos mortal do que as anteriores temporadas de gripe – Houve 50.100 mortes por gripe de Dezembro de 2017 a Março de 2018 na Inglaterra e no País de Gales. Houve 80.000 mortes por gripe em 1969. Até o momento, temos cerca de 42.000 mortes relacionadas à covid no Reino Unido.

Nunca fechamos antes a sociedade por causa de um vírus respiratório.

A base para o confinamento foi um modelo matemático do professor Neil Ferguson. A sua modelagem, que previu meio milhão de mortes no Reino Unido, foi totalmente condenada como inadequada. Os seus números estimados de mortes estavam claramente errados por um fator de 10 ou 12 vezes.

A modelagem do professor Ferguson nem mesmo foi revisada por pares antes de ser aplicada por várias nações. Eminentes epidemiologistas como o professor Gupta da Universidade de Oxford foram ignorados, eles estimaram que a contagem de mortes seria muito menor no Reino Unido.

O professor Ferguson tem um longo histórico de modelagem lamentável – ele estava totalmente errado sobre o sars, mers, doença da vaca louca (CJD) e da gripe suína. Por que o mundo o ouviu novamente?

Os países que não usaram o confinemanto, tais como a Suécia, Japão, Taiwan, Coreia do Sul e Bielo-Rússia tiveram um desempenho significativamente melhor do que nós em termos de percentagem de mortes da população. Eles também têm imunidade de grupo e economias intactas.

O confinamento não salvou vidas, e isso foi publicado no Lancet ‘… em nossa análise, confinamento completos e testes de COVID-19 generalizados não foram associados a reduções do número de casos críticos ou mortalidade geral.’

A grande maioria das mortes ocorreu em idosos e pessoas muito idosas.

CERTIDÕES DE ÓBITO

A maioria das pessoas que morreram tinham comorbidades significativas, como Alzheimer, cancro, doenças cardiovasculares e diabetes.

Contar as certidões de óbito com uma “menção” de covid como sendo uma morte causada por covid é uma deturpação grosseira dos fatos e exagerou muito o número de mortos.

As regras para a assinatura das certidões de óbito foram alteradas exclusivamente para o covid pela Lei Coronavirus 2020.

Os médicos nem precisam ver fisicamente o paciente para assinar a certidão de óbito.

A lei eliminou a necessidade de um certificado médico confirmatório para cremações.

As autópsias foram virtualmente proibidas, sem dúvida levando a um diagnóstico incorreto da verdadeira causa das mortes; e também reduzindo a nossa compreensão da própria doença.

Pior ainda, os funcionários de lares de idosos, que em grande parte não têm formação médica, podem dar uma declaração sobre a causa da morte.

Covid foi colocado nas certidões de óbito apenas por “suspeita” de que as pessoas tivessem covid. Isso pode muito bem ser ilegal, pois é um crime falsificar certidões de óbito.

As pessoas que morrem dentro de 28 dias de um teste de PCR positivo são consideradas como tendo morrido de covid, mesmo que morram num acidente de carro ou de um ataque cardíaco; claramente para aumentar o número de mortos.

TESTE – FALSOS POSITIVOS

Os testes de PCR não podem ser verificados quanto à precisão, pois não existe um “padrão ouro” para verificar a sua precisão. O vírus não foi purificado.

Os testes de PCR não detetam cargas virais e estão sujeitos a falsos positivos.

Um teste de PCR positivo não significa que um indivíduo esteja infetado ou infetado.

Na verdade, aproximadamente 90% dos “casos” positivos de PCR são falsos positivos. Portanto, não temos uma segunda onda e nenhuma pandemia.

A crise nunca vai acabar se esperarmos zero testes positivos. Todo mundo provavelmente já teve uma constipação causado por um coronavírus e provavelmente terá alguns fragmentos virais que correspondem ao primo do vírus SARS-CoV-2.

Fonte:

https://worlddoctorsalliance.com/

Leitura Psíquica Com Graciano Constantino

Para mais informações e marcações clique AQUI

c700x420.v1

Graciano..jpg Graciano Constantino oferece tratamentos de Cura Energética. O tratamento pode ser feito pessoalmente ou a distância, normalmente através do Skype ou se preferir basta simplesmente uma foto recente de modo a facilitar a conexão. Atualmente vivendo em Turim – Itália, Graciano dedica uma parte do seu tempo na arte da cura, trabalhando com plantas e também animais. Saiba mais sobre Graciano Aqui

Para saber mais sobre a técnica visite: Cura de Pura Energia

2 Comments on Aliança Mundial de Médicos Desafia A Narrativa ‘Covid-19’

  1. Ola Graciano.
    Isso são boas notícias. A verdade vem sempre ao de cima. Só falta ser de conhecimento público. Vai gerar muita polémica. Alguém vai ser responsabilizado. A própria Natureza das coisas encarrega-se disso. Obrigada.
    Namaste

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: