Posts recentes

Crentes Da Conspiração Covid São Uma ‘Ameaça À Saúde Pública’

Uma em cada 11 pessoas na Grã-Bretanha diz que confia na opinião de David Icke sobre a pandemia do coronavírus e, as pessoas que acreditam nas conspirações sobre o covid também têm menos probabilidade de confiar na vacina.

Toda a extensão da crença nas conspirações do coronavírus e no ceticismo do cofinamento foi revelada em pesquisas da University of Bristol e King’s College London, que alertou que a proeminência de tais pontos de vista e a falta de confiança nos cientistas oficiais constituíam um ‘risco para a saúde pública’.

A pesquisa viu milhares de pessoas questionadas sobre os seus pontos de vista, atitudes e onde depositaram a sua confiança durante a pandemia covid e, mostrou uma ligação clara entre as pessoas que acreditavam que o vírus era algum tipo de farsa, ou que o governo estava a exagerar os riscos obscuros como algum tipo de conspiração com cientistas, equipe do NHS, médicos e a imprensa, eram menos propensos a confiar na vacina.

E aqueles conspiradores covid também eram muito mais propensos a discutir ou desentenderem-se com amigos ou familiares sobre o covid, o confinamento ou a obtenção de uma vacina.

A pesquisa foi realizada no mês antes do Natal, durante o confinamento parcial de Novembro, e a falha do sistema Tier em Dezembro e, envolveu um estudo com 4.860 adultos com idades entre 18 e 75.

Os pesquisadores da Universidade de Bristol disseram que as descobertas preocupantes mostram que o ceticismo do confinamento e a conspiração covid estão ligados à hesitação da vacina e ambos constituem um risco para a saúde pública porque as pessoas quebrariam o confinamento e não receberiam a vacina.

“A disposição de relatar concordância com suspeitas e crenças de conspiração está relacionada à baixa confiança em fontes de autoridade tradicionais – a ponto de constituir uma ameaça à saúde pública”, disse a Dra. Siobhan McAndrew, conferencista sénior em ciências sociais quantitativas na Universidade de Bristol.

“Trata-se de um verdadeiro desafio para a campanha de garantir as mais altas taxas de vacinação de Covid-19 possíveis. Uma grande proporção do público foi exposta a conteúdo que mina a confiança nas vacinas contra o coronavírus e nas medidas de saúde pública, muitas vezes conteúdo intencionalmente adaptado aos medos e preocupações de grupos vulneráveis.

“Essas narrativas que minam a confiança são ampla e rapidamente disseminadas online. Isso é de importância urgente para comunicadores de saúde pública e empresas de rede social, para garantir que mensagens positivas, precisas e relevantes cheguem aos grupos que mais precisam”, acrescentou.

As descobertas serão motivo de preocupação para aqueles que administram o programa de vacinas. Até agora, a taxa de adesão tem sido excepcionalmente alta – na casa dos 90 por cento – mas pode muito bem ser porque os vacinados são profissionais de saúde, os clinicamente vulneráveis ​​ou com idade suficiente para lembrar como doenças como a poliomielite foram erradicadas por meio de programas de vacinas.

O grande teste será quando a próxima geração de pessoas com mais de 50 anos e, depois mais jovens, receber a vacina.

As descobertas da Universidade de Bristol revelaram o quanto as pessoas que não acreditavam na pandemia do coronavírus passaram a acreditar nos céticos do confinamento e ficaram mais propensas a hesitar em aceitar a oferta da vacina.

O estudo descobriu que até nove por cento das pessoas disseram que confiam em David Icke sobre a pandemia, ou seja, uma em cada 11 pessoas, e entre essas pessoas, mais de um terço (35 por cento) disseram ter discutido com amigos e familiares sobre se devem tomar a vacina.

Aqueles que disseram confiar em David Icke também tiveram cinco vezes mais probabilidade de relatar que não estão mais falando com um ente querido por causa de desentendimentos sobre a vacinação.

“Embora 15 por cento do público em geral acredita que ‘repórteres, cientistas e funcionários do governo estejam envolvidos numa conspiração para encobrir informações importantes sobre o coronavírus’, essa opinião é mantida por proporções muito maiores daqueles que obtêm muito ou uma quantidade razoável das suas informações sobre a pandemia do mecanismo de busca DuckDuckGo (50%), Instagram (43%), WhatsApp (40%), YouTube (37%), Bing (34%), Facebook (31%) e Twitter (29% ).”

“Depender de tais fontes também está associado a níveis muito maiores de preocupação sobre a vacinação.

“Por exemplo, aqueles que obtêm muitas informações do DuckDuckGo (63%), WhatsApp (55%), Instagram (54%) e YouTube (49%) são mais do que o dobro da probabilidade da população geral (24% ) e aqueles que contam com fontes da imprensa  tradicional (24%) para dizer que provavelmente não tomariam uma vacina contra o coronavírus se houvesse preocupações de que ela pudesse sobrecarregar o seu sistema imunitario ”, acrescentou o relatório.

Fonte:

https://www.bristolpost.co.uk/news/bristol-news/scale-covid-conspiracy-believers-threat-5018941

Leitura Psíquica Com Graciano Constantino

Para mais informações e marcações clique AQUI

c700x420.v1

Graciano..jpg Graciano Constantino oferece tratamentos de Cura Energética. O tratamento pode ser feito pessoalmente ou a distância, normalmente através do Skype ou se preferir basta simplesmente uma foto recente de modo a facilitar a conexão. Atualmente vivendo em Turim – Itália, Graciano dedica uma parte do seu tempo na arte da cura, trabalhando com plantas e também animais. Saiba mais sobre Graciano Aqui

Para saber mais sobre a técnica visite: Cura de Pura Energia

1 Comment on Crentes Da Conspiração Covid São Uma ‘Ameaça À Saúde Pública’

  1. Ola Graciano.
    Se as pessoas souberem que a finalidade da vacina é nos converter em robôs, eu não acredito que aceitassem a vacina.
    Namaste

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: