Posts recentes

A Primeira e Última Grande Oportunidade De ACJ Ser Presidente

Talvez seja hora de um novo líder na UNITA?

Assim como muitos angolanos, também venho acompanhando estes últimos anos que antecederam as eleições de 24 de Agosto de 2022 e não havia dúvidas de que teríamos um novo presidente e consequentemente um novo governo, pelo menos esta era a esperança de muitos.

Como era de esperar, o MPLA nunca aceitaria uma derrota, isso simplesmente nunca aconteceria porque seria o fim de um reinado e mais importante ainda, o fim do status quo que confere privilégios e regalias para muitos daqueles que dependem desta “mina de ouro” que é Angola.

Não há dúvidas sobre o facto de ACJ ser um homem extremamente carismático, um homem do povo e que tem com ajuda de muitos outros, sabido trazer a esperança para um povo que vem sendo nocauteado há mais de 45 anos no ring do MPLA.

Adalberto Costa Júnior Não Tem O Que O Povo Angolano Realmente Precisa

ACJ acaba de perder a única grande oportunidade que alguma vez teve de tornar-se presidente de todos os Angolanos, faltou-lhe liderança e espírito de sacrifício, sacrifício este que o povo tem feito durante anos, ACJ não tem punho para jogar nem fazer frente à JLO e ao MPLA, infelizmente ACJ não é este homem, a porta que dava acesso ao palácio presidencial fechou-se há alguns dias.

  • Como é possível não implementar medidas de forma a monitorar e garantir que os votos fossem contados na presença de delegados da UNITA e de outros partidos da oposição?
  • Como pode não apresentar as atas sínteses em sua posse?
Alguma vez a UNITA não contestou algum resultado desde sempre que houve eleições?

UNITA Contesta Resultados Das Eleições Em Angola. “MPLA Não Ganhou”

Sim, o MPLA “perdeu e foi declarado vencedor” porque a UNITA não soube fazer o seu trabalho de casa, o povo, Angola, os angolanos na diáspora votaram na mudança, mas como essa mudança seria feita? nem a UNITA nem ACJ sabiam como implementá-la.

Desde a era Savimbe até o presente, a UNITA nunca aceitou qualquer resultado, a UNITA sempre negou e os contestou, a UNITA de agora devia ser muito mais astuta e fazer melhor, impedindo que o MPLA manipulasse os resultados com tanta facilidade.

Tudo que a UNITA sabe fazer é contestar e depois tudo vai por água abaixo…

Em Angola, o líder da UNITA, Adalberto Costa Júnior, explica que, neste momento, o que está em causa é o número de mandatos que a Comissão Nacional Eleitoral lhe atribui e não necessariamente a vitória do MPLA.

“Nós não estamos a dizer que não reconhecemos a derrota, mas estamos a dizer que não reconhecemos os resultados provisórios que a Comissão Nacional Eleitoral pôs cá fora”, começou por dizer o líder do principal partido da oposição. 

Adalberto Costa Júnior defendeu depois ter provas de que os resultados conferem mais mandatos à UNITA.

Parece que o discurso de ACJ já se adaptou… e lá se vai mais uma contestação para a sala de trofeus de contestações da UNITA.

A Hora Já Era, Já Era ACJ

A Hora É Agora? Na Verdade A Hora Já ERA.

Que humilhação e falta de liderança e de tomates para fazer frente a toda essa corrupção, onde devia mostrar punho forte, ele foi fraco, logo após a sua mini conferência de imprensa onde falou durante menos de 5 minutos, sem sequer apresentar uma única prova, ACJ pede que o povo confie na liderança da UNITA, liderança essa que deixa muito a desejar.

Não temos mais armas para partir para luta e guerra e destituir o MPLA e JLO, porém se ACJ fosse do e para o povo, em primeiro lugar falaria com o povo de forma direta e clara, sem rodeios, que conferência foi aquela sem a possibilidade de responder perguntas? Uma inteira nação a espera de muito mais do que meras palavras e tudo o que ele faz foi ler umas palavraszinhas e já está? Basta olhar para os muitos angolanos em Lisboa que madrugaram a espera que as atas fossem tornadas publicas, muitos deles não arredaram pé e era nessa hora que ele devia seguir o exemplo daqueles que ele espera liderar.

A coragem e determinação desse homem é admirável.

O Que Podia Ter Feito?

ACJ devia imediatamente expressar o seu pensamento que na verdade estaria em sintonia com o de muitos angolanos e protestar de forma pacífica estando ele na linha da frente, até que a verdade fosse reposta, e não estou a falar de manifestação de um dia ou hora, eu falo de manifestação de dias seguidos, sem comer, igual fez o grande Luaty Beirão, a isso chama-se ter tomates, o povo de forma pacífica o apoiaria e todos seguiriam o seu líder.

Imaginem 1 000 angolanos, depois 3 mil, depois 50, 100, e em poucos dias angola inteira na capital, milhares de angolanos seguindo o seu líder em greve de fome?

Imaginem a vibração que isso criaria, o momentum que isso geraria, imaginem todo angolano manifestando de cabinda ao Cunene de forma pacífica, a nossa guerra seria pacífica contra os canhões do regime, imaginem Adalberto o grande líder na linha da frente, sem arma, sem medo, imaginem o medo do regime de o tornar num mártir, imagine a onda de solidariedade até dos mais céticos, a greve de fome e manifestação continuaria. Não tenho dúvidas de que o seu apoio alcançaria níveis inimagináveis e o regime vergar-se-ia à vontade do povo. Esta é apenas um dos muitos caminhos que ACJ devia ter seguido…

Em vez disso, foi nas exéquias fúnebres de Zé Dú, quem quer saber de exéquias do homem que fez e através do seu legado ainda faz o povo angolano sofrer sem fim? A hora era agora, hora de agir de forma inteligente, aproveitando a força das redes sociais, a presença de jornalistas internacionais em Angola.

Previsões para o futuro.

ACJ é apenas mais um politico como qualquer um outro, politico nenhum se importa realmente com o interesse do povo, e para quem tenha depositado as suas esperanças de ver alternância e mudança em Angola, sinto muito porém essa mudança não será sob a liderança de ACJ, não se este continuar a jogar de acordo com as regras do MPLA.

  • MPLA será declarado vencedor e haverá zero manifestações e JLO e o MPLA seguirão por mais 5 anos, a espera de um verdadeiro opositor.
  • A UNITA não terá forças de contestar o resultado no verdadeiro sentido da palavra e limitar-se-á a dançar a música que for tocada.
  •  Toda essa situação rapidamente virá a ser esquecida com ou sem um grande evento nacional ou internacional que colocará um ponto final nessa novela das eleições.
  • ACJ poderá perder a força dentro do seu partido e ver a sua liderança contestada, a medida que o amor e carinho, fé e esperança que o povo angolano lhe conferiu for dissolvendo-se.
Preparem-se melhor, mas até lá vão ter que me aturar durante mais 5 anos.

Até que das cinzas surja um novo líder

Até que este novo líder aceite carregar a dor e sofrimento do povo

Até que este líder mostre o caminho para a vitória e verdadeira paz e prosperidade

Até que este líder tenha a coragem de Savimbe, a determinação de Luaty, a diplomacia e carisma de ACJ

Até lá, até lá mais 5 anos de dor, dor e tristeza no coração de todos aqueles que acreditaram na mudança e alternância,

Até lá … Ndolo Ku Muxima

Por: Graciano Constantino

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: